Em negocios

Valor dos jogadores da Copa é R$ 18,9 bilhões; só Messi vale R$ 440 milhões

Eleito quatro vezes o melhor do mundo, Messi supera o português Cristiano Ronaldo no posto de mais valioso da Copa, já que o português - duas vezes melhor do mundo - vale R$ 328,3 milhões

Messi - eliminatórias da Copa
(Marcos Brindicci/Reuters)

SÃO PAULO - As 32 seleções que virão disputar a Copa do Mundo valem juntas R$ 18,9 bilhões, mostrou um Estudo da Pluri Consultoria ao Valor Econômico. A mais valiosa, a Espanha, vale R$ 1,49 bilhão - uma média de R$ 64,77 milhões por cada um dos 23 jogadores que jogarão o torneio. É válido lembrar que como as convocações ainda não foram feitas, isso é uma estimativa. 

A segunda colocada é a Argentina, que vale, junta, R$ 1,45 bilhão - impulsionado pelo valor de Lionel Messi, que sozinho vale R$ 422,6 milhões, mais do que 15 das 32 seleções do torneio. Eleito quatro vezes o melhor do mundo, Messi supera o português Cristiano Ronaldo no posto de mais valioso da Copa, já que o português - duas vezes melhor do mundo - vale R$ 328,3 milhões. Muito da diferença de preço vem da diferença de idade. Dois anos mais jovem, é provável que Messi tenha mais anos de brilho pela frente do que Cristiano Ronaldo, que está próximo dos 30 anos. 

A seleção brasileira vale R$ 1,44 bilhão e alcança a terceira colocação, ajudada pelo preço de R$ 206,2 milhões do atacante Neymar, companheiro de Messi no Barcelona. A seleção mais barata é a hondurenha, que vale "apenas" R$ 98,8 milhões, cerca de R$ 4 milhões por jogador. Esses cálculos deverão ser revistos após a Copa do Mundo. 

Veja a lista dos times e seu valor: 

Seleção Valor Jogador mais valioso Valor
Espanha R$ 1,48 bilhão Juan Mata (Manchester United) R$ 144,1 milhões
Argentina R$ 1,45 bilhão Lionel Messi (Barcelona) R$ 422,6 milhões
Brasil R$ 1,43 bilhão Neymar (Barcelona) R$ 206,2 milhões
Alemanha R$ 1,37 bilhão Mario Götze (Bayern de Munique R$ 184,5 milhões
França R$ 1,23 bilhão Franck Ribéry (Bayern de Munique) R$ 120,0 milhões
Inglaterra R$ 1,09 bilhão Wayne Rooney (Manchester United) R$ 128,8 milhões
Bélgica R$ 1,03 bilhão Eden Hazard (Chelsea) R$ 139,5 milhões
Itália R$ 994,8 milhões Claudio Marchisio (Juventus) R$ 89,7 milhões
Portugal R$ 885,6 milhões Cristiano Ronaldo (Real Madrid) R$ 328,3 milhões
Colômbia R$ 689,4 milhões James Rodríguez (Monaco) R$ 111,1 milhões
Rússia R$ 584,8 milhões Alan Dzagoev (CSKA Moscow) R$ 73,7 milhões
Uruguai R$ 576,2 milhões Edinson Cavani (Paris Saint-Germain) R$ 176,3 milhões
Croácia R$ 573,1 milhões Luka Modric (Real Madrid) R$ 98,2 milhões
Holanda R$ 551,4 milhões Robin Van Persie (Manchester United) R$ 115,7 milhões
Costa do Marfim R$ 459,3 milhões Yayá Touré (Manchester City) R$ 101,6 milhões
Chile R$ 443,4 milhões Arturo Vidal (Juventus) R$ 128,8 milhões
Suíça R$ 431,8 milhões Xherdan Shaqiri (Bayern de Munique) R$ 22,3 milhões
Camarões R$ 407,6 milhões Alex Song (Barcelona) R$ 20,1 milhões
Bósnia R$ 392,6 milhões Edin Dzeko (Manchester City) R$ 86,3 milhões
Japão R$ 370,9 milhões Shinji Kagawa (Manchester United) R$ 17,8 milhões
Gana R$ 334,2 milhões Kwadwo Asamoah (Juventus) R$ 22,1 milhões
Nigéria R$ 306,9 milhões John Obi Mikel (Chelsea) R$ 22,2 milhões
Grécia R$ 267,1 milhões Sokratis Papastathopoulos (Borussia Dortmund) R$ 14,2 milhões
Equador R$ 254,9 milhões Antonio Valencia (Manchester United) R$ 17,1 milhões
Argélia R$ 232,6 milhões Saphir Taïder (Internazionale) R$ 6,3 milhões
México R$ 209,0 milhões Chicarito (Manchester United) R$ 17,1 milhões
Coréia do Sul R$ 186,0 milhões Son Heung-Min (Bayer Leverkusen) R$ 15,6 milhões
Estados Unidos R$ 171,7 milhões Clint Dempsey (Seattle Sounders) R$ 6,1 milhões
Austrália R$ 135,3 milhões Mathew Ryan (Club Brugge) R$ 5,8 milhões
Irã R$ 120,3 milhões Ashkan Dejagah (Fulham) R$ 5,7 milhões
Costa Rica R$ 114,4 milhões Bryan Ruiz (Fulham) R$ 9,3 milhões
Honduras R$ 98,8 milhões Emilio Izaguirre (Celtic) R$ 4,5 milhões
Fonte: estudo da Pluri para o Valor Econômico

 

Contato