Resultado

Netflix supera expectativas e ganha quase 16 mi de assinantes no 1º tri com coronavírus, mas prevê desaceleração

A empresa adicionou 15,77 milhões de assinantes pagos globalmente no primeiro trimestre - bem acima das estimativas dos analistas de quase 8 milhões

SÃO PAULO – A gigante de streaming Netflix divulgou nesta terça-feira (21), após o fechamento do mercado americano, o resultado do primeiro trimestre de 2020.

A companhia informou a adição de mais assinantes pagos do que o esperado pelo mercado, em meio ao isolamento social no mundo para conter o coronavírus levando as pessoas a ficarem em casa e assistirem a séries e filmes online.

A demanda por serviços de streaming subiu nos últimos meses, com a doença em rápida expansão. Porém, alguns analistas tinham a previsão de que assinaturas de serviços de streaming estariam entre os primeiros itens a serem cortados em meio a uma onda de demissões e temores de recessão econômica por causa da pandemia.

PUBLICIDADE

Os ativos da Netflix, que sobem cerca de 35% em 2020 em um cenário de forte queda dos mercados, chegaram a avançar 4% no after-market da Bolsa de Nova York, mas amenizaram os ganhos e passaram a ter leve queda no início da noite, de 1%.

A empresa adicionou 15,77 milhões de assinantes pagos globalmente no primeiro trimestre – bem acima das estimativas dos analistas de quase 8 milhões, segundo projeções da FactSet. Na região Ásia-Pacífico, houve a adição de 3,6 milhões de assinantes, enquanto seus assinantes latino-americanos cresceram 2 milhões de assinantes.

A receita total aumentou para US$ 5,77 bilhões, ante US% 4,52 bilhões. Os analistas esperavam, em média, 5,76 bilhões, de acordo com dados do IBES do Refinitiv. Já o lucro por ação foi de US$ 1,57, um pouco abaixo da estimativa de US$ 1,65.

A companhia ainda disse esperar adicionar 7,5 milhões de assinantes pagos globalmente no segundo trimestre, em comparação com as estimativas de analistas de 3,81 milhões, segundo estimativas da empresa de pesquisa FactSet.

Contudo, alertou, o número é “principalmente uma suposição”, além de apontar que espera menores adições líquidas de assinantes no terceiro trimestre, à medida que mais economias se abrem e porque o terceiro trimestre do ano passado incluiu novas temporadas das séries populares “Stranger Things” e “Money Heist”.

Em sua carta aos acionistas, a Netflix disse que espera um aumento nas visualizações e nas assinaturas, mas alertou para um declínio esperado nas visualizações e uma desaceleração no crescimento no futuro. A empresa disse que os programas e filmes que espera lançar no segundo trimestre estão a caminho do lançamento como planejado, já que as filmagens já haviam terminado.

PUBLICIDADE

Tudo o que você precisa saber para lucrar na Bolsa de Valores operando da sua casa em um curso gratuito: clique aqui e participe!