MasterClass A Grande Tacada: Como multiplicar seu capital por 3, 5 ou até 10x em poucos dias

A Grande Tacada: Como multiplicar seu capital por 3, 5 ou até 10x em poucos dias

Na Índia

Netflix enfrenta guerra de preços para não perder espaço para concorrentes

Netflix está reduzindo os preços pela metade aos assinantes que se comprometem a uma assinatura de pelo menos três meses

arrow_forwardMais sobre

(Bloomberg) — A Netflix e rivais enfrentam uma batalha de preços na Índia diante do aumento dos custos para assistir a vídeos em celulares, o que ameaça esfriar a demanda em um mercado que pode ser chave para o crescimento global do streaming.

As três operadoras de celular do país aumentaram as tarifas de dados em até 41% no início deste mês, deixando alguns clientes na Índia, onde a maior parte dos vídeos é vista em celulares, com menos recursos para gastar em serviços de entretenimento como Netflix, TV+ da Apple – que estreou no mês passado -, e de concorrentes locais.

Banda larga barata, tradição em cultura cinematográfica e uma vasta população de língua inglesa ajudaram a tornar a Índia um rentável campo de batalha no segmento de streaming.

PUBLICIDADE

A Netflix tem como alvo 100 milhões de assinantes no país, quase 25 vezes a base de clientes deste ano. Mas um aumento dos custos de dados, associado a uma desaceleração mais ampla da economia, pode levar clientes a gastarem menos com conteúdo em um momento em que a Apple e a Amazon.com, com o serviço Prime, tentam se firmar no mercado.

“Este é um desafio que afetará o crescimento, pois o boom de dados móveis tem sido um grande fator de impulsão” do mercado de streaming na Índia, disse Utkarsh Sinha, diretor-gerente do Bexley Advisors, um banco de investimentos focado em negócios de tecnologia e mídia em estágio inicial.

A Netflix já tenta se antecipar à mudança, reduzindo os preços pela metade aos assinantes que se comprometem a uma assinatura de pelo menos três meses. Muitos serviços de streaming no país, como o novo TV+ da Apple, Prime da Amazon e Hotstar da Walt Disney, também ofereceram descontos este ano e assinaturas a preços bem inferiores aos de outros mercados. O TV+ da Apple, por exemplo, custa cerca US$ 1,40 por mês na Índia, em comparação com US$ 5 nos EUA e no Japão.

Porta-vozes para Netflix, Amazon, Apple e Hotstar na Índia não quiseram comentar.

“Como todas as plataformas se tornam igualmente competitivas em conteúdo, os preços serão uma alavanca importante para atrair clientes e incentivar a rotatividade”, disse Sinha. “A Netflix lançou um preço apenas para a Índia, e a Amazon já está subsidiando sua oferta Prime por meio de um pacote.”

Invista seu dinheiro para realizar seus maiores sonhos. Abra uma conta na XP – é de graça.