Mundial perde mais de 85% de valor de mercado em apenas três pregões

Papéis MNDL4 caíram 86,5% nesses três dias, após terem subido 1.650% em 2011; ações da Hercules também despencaram

SÃO PAULO – As ações da Mundial (MNDL3, MNDL4) passaram por mais um dia extremamente negativo na bolsa brasileira, figurando nesta sexta-feira (22) entre as ações mais desvalorizadas da BM&F Bovespa pelo terceiro pregão consecutivo. Assim como nos dois pregões anteriores, a bolsa tem suspendido constantemente as negociações com os ativos da companhia para tentar arrefecer os níveis de volatilidade.

Mas a instabilidade imperou nas negociações desses ativos. As ações ordináras da Mundial fecharam o pregão a R$ 0,94 – mínima do intraday -, cotação 76,38% menor que o fechamento anterior (R$ 3,98). Os papéis preferenciais também fecharam na mínima do dia, de R$ 0,69, indicando queda de 63,68% ante o fechamento da véspera, quando valiam R$ 1,90.

Por fim, os papéis da Hercules (HETA4), empresa coligada do Grupo Mundial fecharam a R$ 1,00, indicando desvalorização de 32,89% frente o fechamento anterior. No intraday, essas ações chegaram a valer R$ 0,94, o que indicava uma queda de 36,91%.

PUBLICIDADE

Quedas de mais de 85% em apenas três dias
Diante das fortes quedas já relatadas na quarta-feira (20) e quinta-feira (21), as ações preferenciais da Mundial passaram de R$ 5,11 (fechamento de terça-feira, dia 19) para R$ 0,69, indicando uma desvalorização acumulada de 86,50%. No mesmo período, as ações ON passaram de R$ 7,01 para R$ 0,94, uma queda de 86,59%. Os ativos da Hercules, por sua vez, foram de R$ 3,95 para R$ 1,00 – variação negativa de 74,68%.

Vale lembrar que até terça-feira os papéis da Mundial lideravam com folga as maiores altas da bolsa brasileira no acumulado do ano, com as ações PN subindo 1.651,20% até aquela data, enquanto os ativos ON relatavam valorização de 2.799,09%. Com essas quedas, a valorização desses dois papéis atualmente é de 136,46% e 288,75%, respectivamente.

Por fim, as ações da Hercules, que subiam 777,78% no ano até terça-feira agora registram ganhos anuais de 122,22%.

Desempenho das ações nos três últimos pregões
DataMundial ONMundial PNHercules PN
20/07-14,41%-40,24%-25,17%
21/07-34,75%-54,76%-49,32%
22/07-76,38%-63,68%-32,89%
Acum. nos
três dias
 
-86,59%-86,50%-74,68%
Acum. 2011+288,75%+136,46%+122,22%

Fim do rali?
Desde meados de abril, a Mundial tem ganhado espaço no noticiário corporativo por conta do processo de reposicionamento da empresa no mercado de capitais, com a migração para o Novo Mercado e a reestruturação de suas dívidas, o que provocou uma disparada nas cotações da ação e também um forte aumento na base de acionistas da empresa. Já na última segunda-feira (18), a companhia fechou um acordo para nova captação de recursos com um fundo de investimento. 

Contudo, por conta da valorização superior a 1.000% dessas ações, há quem já enxergasse no mercado que o papel estava bem precificado, o que poderia acabar limitando novas altas mais abruptas dos ativos da Mundial.