Alta de 52,5% em agosto

Messi recebe parte do pagamento da contratação pelo PSG em “fan tokens”; conheça a cripto

Outros clubes, como o Manchester City e o Milan também possuem fan tokens

(Divulgação PSG)

SÃO PAULO – O Paris Saint-Germain informou nesta quinta-feira (12) que a contratação do atacante Lionel Messi inclui um pagamento em criptomoeda do clube de futebol francês, os chamados “fan tokens”.

Messi foi contratado por duas temporadas, com opção de renovação por mais uma. O salário do atacante, de acordo com jornais europeus, está na casa de 35 milhões de euros (cerca de R$ 214 milhões) líquidos, com bônus incluídos.

O PSG não divulgou a proporção de tokens no pacote de “luvas” do jogador, mas disse que o valor é “significativo”.

Os fan tokens são um tipo de criptomoeda que permitem aos titulares votarem em pequenas decisões relacionadas ao clube no qual investe, como escolher detalhes no vestiário, por exemplo.

Outros clubes, como o Manchester City (CITY) e o Milan (ACM) já possuem fan tokens.

Assim como o Bitcoin e outras moedas digitais, como o Ethereum, os fan tokens são negociados em Bolsa e variam de preço. A diferença é que esses tokens dependem diretamente da atuação e das entregas de um negócio, enquanto as criptomoedas existem sozinhas, independentemente de uma empresa ou do Conselho de um clube.

Leia também:
Chiliz: conheça o criptoativo que valorizou mais de 2.000% desde o início do ano

Para negociar, o investidor precisa comprar o token em uma corretora de criptomoedas, da mesma forma como se negocia Bitcoin ou outras moedas digitais tradicionais. Em seguida, é preciso realizar a transferência para o aplicativo da plataforma Socios.com.

Criada em 2018, a Socios.com é uma empresa europeia de votação e recompensa de fãs. Ela permite que equipes esportivas criem seus próprios tokens de fãs.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Desde janeiro de 2020, o PSG em parceria com a Socios.com já emitiu cerca de 20 milhões em tokens para torcedores. Nesta quinta-feira (12), por volta das 15h30, era possível adquirir um token do PSG por cerca de US$ 41.

A notícia da contratação do Messi pelo PSG, com contrato válido até 2023 e opção de extensão por mais uma temporada, fez o fan token do PSG disparar esta semana.

Em 1º de agosto, o token (PSG) era negociado em cerca de US$ 23 – valor que chegou à máxima de US$ 61,23, em 10 de agosto, no dia do anúncio da chegada do craque, implicando alta de 166,2%. Nos últimos dois dias, porém, ele voltou a recuar, ainda acumulando alta de 52,5% até ontem.

Invista nos fundos de criptomoedas mais acessíveis do mercado: abra uma conta gratuita na XP!