Melnick: a construtora gaúcha de faturamento bilionário

A história da empresa familiar que começou com seis funcionários em um endereço comercial de Porto Alegre e fez seu IPO em 2020, captando R$ 600 milhões

Mariana Amaro

Publicidade

Nascido em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, Leandro Melnick cresceu em ambiente de debate negócios. “Meu pai era engenheiro e minha mãe, arquiteta. Sempre falamos de negócios em casa”, relembra Melnick (MELK3) em entrevista ao episódio 162 do podcast Do Zero ao Topo, gravado no dia 12 de julho de 2023.

Mas a história da empresa começa muito antes disso. Mais precisamente, em dezembro de 1970, quando o engenheiro civil Milton Melnick se juntou ao amigo Péricles Correa para fundar a Melco. A parceria foi até a década de 1990, quando o Milton e Péricles decidiram seguir caminhos individuais, e Milton criou a Construtora Melnick. “Ele começou o negócio sem recursos, sem patrimônio e sem terreno. O que ele tinha era a reputação que ele construiu ao longo da carreira”, afirma Leandro.

O negócio, de capital intensivo, sofreu na década de 1990 com os diversos planos econômicos. “Entrei na faculdade de engenharia civil pensando em como ajudar a empresa da família a sair de um momento tenso economicamente”, afirma. Naquele período, a empresa contava com seis funcionários e tocava duas obras por vez no Rio Grande do Sul. “A gente não tinha engenheiro de obra, então aprendi a tocar obra no dia a dia. Fazia de tudo: das compras de suprimentos, fazer o concreto e conferir o aço até passar no supermercado para comprar a carne do churrasco de obra sempre que as metas eram batidas na semana”, afirma Melnick.

Continua depois da publicidade

Ainda durante a faculdade, ele desenvolveu um plano estratégico para a empresa. “A gente precisava ter um posicionamento, porque éramos uma empresa muito pequena, a 15ª de Porto Alegre, e para crescer, teríamos que ter um foco claro. Definimos o caminho de ser líder em alto padrão. Essa era a nossa meta. Para resolver o problema econômico da empresa, contamos com a reputação do meu pai: fizemos parcerias com investidores para financiar as obras. Essa era uma forma de empreender com baixo risco”, diz Melnick.

União com a Even (EVEN3)

Em 2008, às vésperas da crise imobiliária mundial, a Melnick já era uma empresa de tamanho médio e de nicho, ainda focada em Porto Alegre. Ela vinha de parcerias com outras empresas como a Rossi e a Takaoka, responsável pelos empreendimentos de Alphaville. O Brasil também havia acabado de passar por um ‘boom’ de IPOs: somente do mercado imobiliário, 19 empresas fizeram seu processo de abertura de capital.

“Depois desse processo, todas as essas empresas querem crescer muito rápido e muitas delas chegam a Porto Alegre. Começamos a ser procurados por muitas dessas empresas até falar com a Even, que topou entrar na parceria deixando o controle da Melnick conosco”, diz Leandro. Com essa parceria, a agora Melnick Even se consolida como líder no setor de alto padrão em Porto Alegre.

da Construtora Melnick (MELK3), em entrevista ao podcast Do Zero ao Topo, do InfoMoney (Foto: Layon Fidel)
Leandro Melnick, CEO da Construtora Melnick (MELK3), em entrevista ao podcast Do Zero ao Topo (Foto: Layon Fidel)

Anos depois, em 2014, Leandro viu a possibilidade de fazer o caminho inverso e se tornar investidor da Even. Essa história, os bastidores do IPO da Melnick que captou R$ 600 milhões na Bolsa de Valores e a ‘vida dupla’ que Leandro viveu primeiro na faculdade, quando gerenciava diversos empreendimentos, e depois como CEO de uma empresa e conselheiro de outra, estão no episódio desta quarta-feira, 18 de julho, do podcast Do Zero ao Topo.

O programa está disponível em vídeo no YouTube ou em áudio nas principais plataformas de streaming como ApplePodcastsSpotifyDeezerSpreakerGoogle PodcastCastbox e Amazon Music.

O Podcast Do Zero ao Topo

O podcast Do Zero ao Topo entra no seu quinto ano de vida e traz, a cada episódio, um empreendedor(a) ou empresário(a) de destaque no mercado brasileiro para contar a sua história, compartilhando os maiores desafios enfrentados ao longo do caminho e as principais estratégias usadas na construção do negócio.

O programa já recebeu nomes como o empresário Abílio Diniz; Rodrigo Galindo, chairman da Cogna; Paulo Nassar, fundador e CEO da Cobasi; Mariane Morelli, cofundadora do Grupo Supley; Fernando Simões, do Grupo Simpar; Stelleo Tolda, um dos fundadores do Mercado Livre; Luiz Dumoncel, CEO e fundador da 3tentos; José Galló, executivo responsável pela ascensão da Renner; Guilherme Benchimol, fundador da XP Investimentos; e contou dezenas de histórias de sucesso. Confira a lista completa de episódios do podcast neste link. 

Mariana Amaro

Editora de Negócios do InfoMoney e apresentadora do podcast Do Zero ao Topo. Cobre negócios e inovação.