Investidores em tecnologia apostam na IA e deixam as criptomoedas para trás

Cheques para startups de IA estão estáveis; enquanto isso, no mesmo período, o investimento global em startups de criptoativos caiu 76%

Bloomberg

Business Man and Woman Characters Watering Money Tree, Growing Wealth Capital for Refund Care of Plant with Gold Coins on Branch. Roi, Return on Investment Concept. Cartoon People Vector Illustration

Publicidade

(Bloomberg) — Investidores de capital de risco do Vale do Silício estão correndo para entrar em empresas de inteligência artificial – incluindo investidores que antes apostavam alto em criptomoedas.

No trimestre mais recente, os VCs gastaram menos em empresas de criptomoedas e ativos digitais do que em qualquer momento desde 2020, de acordo com dados da empresa de pesquisa PitchBook. Ao mesmo tempo, o valor global total dos investimentos em IA para o período de abril a junho foi maior do que a criptomoeda, mesmo em seu pico.

Os números refletem a tendência recente de muitos investidores em tecnologia – mesmo aqueles que já apoiaram cripto – de se afastar da indústria de ativos digitais atormentada por escândalos em direção aos mais recentes avanços em IA, disse Robert Le, analista de cripto da PitchBook.

Continua depois da publicidade

Novos desenvolvimentos em IA tornaram-na altamente atraente para os investidores, ao mesmo tempo em que uma enxurrada de escândalos, novos regulamentos e preços em queda tornaram as criptomoedas tóxicas. Joe Zhao, sócio-gerente da Millennia Capital, disse que está pronto para deixar os ativos digitais para trás. Zhao e Millennia já apoiaram empresas de criptografia como Blockstream e Lumida; agora eles estão mergulhando ainda mais na inteligência artificial. A Millennia já investiu em startups acompanhadas de perto, incluindo Stability AI.

“A IA está oferecendo muito mais casos de uso do que o blockchain”, disse Zhao.

Alguns investidores em cripto foram criticados por seu interesse em IA. A Paradigm, VC focada em investir em iniciativas de cripto do cofundador da Coinbase Global Inc. Fred Ehrsam e ex-sócio da Sequoia Capital Matt Huang, removeu as menções a cripto de seu site e demonstrou seu interesse em IA, informou o canal de notícias cripto The Block em maio. Huang twittou este mês que a atualização do site foi “um erro” e direcionou os usuários para uma nova versão da página inicial da empresa que inclui banners em verde neon e preto com a palavra “CRYPTO”.

Huang disse em um tweet em junho que os setores de cripto e IA “são interessantes e terão muita sobreposição” e que a Paradigm está “animada para continuar explorando”.

Enquanto isso, a investidora da Sequoia Capital, Michelle Fradin, que ajudou a liderar a decisão da empresa de investir na agora falida exchange cripto FTX, twittou recentemente mais sobre IA do que cripto. Ela também foi co-autora de um artigo para a empresa intitulado “The New Language Model Stack: How companies are making AI applications to life”. A Sequoia não respondeu a um pedido de comentário.

Alguns investidores acreditam que existem maneiras de investir em IA e ativos digitais. “Há muito interesse na interseção de IA e cripto”, disse Le. Ele observou que duas startups que abrangem esses setores – Tools For Humanity, desenvolvedora do Worldcoin e Gensyn – levantaram rodadas de financiamento significativas durante o segundo trimestre.

IA e criptomoeda são “contrapesos naturais um para o outro”, disse Ali Yahya, sócio geral da Andreessen Horowitz, que apoiou a Tools for Humanity e a Gensyn. “A criptografia aprimorará a IA, fornecendo parte da descentralização de que a IA talvez precise”, disse ele, observando que empresas como OpenAI, Google da Alphabet Inc. e Microsoft Corp. já acumularam controle significativo sobre o setor em crescimento.

Os cofundadores da Gensyn, Ben Fielding e Harry Grieve, disseram que estavam mais interessados ​​em aprendizado de máquina do que em cripto antes de fundar a startup. E agora, apesar de ser apoiada principalmente por investidores em criptomoedas, a Gensyn se vê mais como uma startup de infraestrutura de tecnologia. “Não nos consideramos um projeto ‘cripto’, por assim dizer”, disse Grieve.

A Gensyn está construindo um protocolo blockchain que sustentará um mercado descentralizado para compra e venda de poder de computação que pode ser usado para modelos de aprendizado de máquina. Fielding disse que a plataforma pode tornar o mercado de computação mais competitivo, “já que os únicos fornecedores são organizações muito, muito grandes que acumularam enormes centros de dados e depois os alugam”.

O financiamento global de empreendimentos de IA ficou praticamente estável no segundo trimestre em relação ao ano anterior, embora tenha havido um aumento substancial nos investimentos no mercado dos EUA. Por outro lado, no mesmo período, o investimento global em startups de ativos digitais caiu 76% em comparação com o mesmo período do ano passado, disse a PitchBook.

Apesar da queda, porém, os acordos de investimento para cripto ainda estão acontecendo. Le observou que os mercados cripto na Europa, Dubai, Hong Kong e Cingapura estão mostrando mais força do que nos EUA, onde a regulamentação afetou fortemente o setor. Ele também disse que espera ver o investimento em empreendimentos de criptoativos continuar nos EUA e no exterior, já que muitos fundos cripto têm mandatos que exigem que apoiem o espaço.

A Andreessen Horowitz, que levantou o maior fundo cripto de todos os tempos em US$ 4,5 bilhões, anunciou recentemente que estava abrindo um escritório em Londres por causa do ambiente  amigável para o setor do Reino Unido. Yahya disse que a empresa ainda está comprometida em investir em startups cripto, inclusive por meio de rodadas de token. “Não temos planos de desacelerar”, disse ele.

© 2023 Bloomberg LP

IM Business

Newsletter

Quer ficar por dentro das principais notícias que movimentam o mundo dos negócios? Inscreva-se e receba os alertas do novo InfoMoney Business por e-mail.

Preencha o campo corretamente!
E-mail inválido!
Preencha o campo corretamente!
Preencha o campo corretamente!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.