Em negocios / inovacao

Como a tecnologia está revolucionando a medicina

Marcos Brioschi, diretor técnico da InfraMed e professor da USP, é convidado do programa F5 desta quarta-feira

SÃO PAULO - Inteligência Artificial é assunto também na medicina - e a tecnologia já salva vidas no mundo inteiro. Este é o tema do programa F5 desta quarta-feira (6) na InfoMoney TV. 

No player acima, o especialista em Blockchain, sócio do Finlab e professor de finanças Gustavo Cunha recebe Marcos Brioschi, que é Diretor técnico da InfraredMed Diagnósticos e professor de Termografia Médica da USP.

Segundo o convidado, é possível que alguns médicos percam o emprego com o avanço da tecnologia em saúde, mas apenas em uma situação específica: quando o profissional não fizer o melhor uso dela. Ele crava: "a tecnologia não vai substituir o médico, apenas o médico que não usar a tecnologia". 

Eles abordam temas como diagnostico por imagem infravermelho; inteligência artificial na leitura de imagens e exames e o posicionamento do Brasil em termos de aplicação da tecnologia para aumentar a eficiência médica. 

Segundo o especialista, alguns times de futebol utilizam a tecnologia até para prever quais jogadores podem sentir dor em quais partes do corpo. Isso otimiza resultados e evita lesões graves. O Brasil é um dos países que mais utiliza essa tecnologia hoje, tanto para o esporte como em outros diagnósticos, como o diabetes. 

Quanto ao uso de dados, o convidado compara a inteligência artificial na medicina com o Waze para a população em geral: "eles vão dar o caminho para o médico escolher o melhor". 

Quer investir melhor o seu dinheiro? Abra uma conta na XP.

 

Contato