Em negocios / inovacao

Fintech brasileira de empréstimos recebe aporte de R$ 60 milhões e reduz juros

BankFacil, que passou a chamar Creditas, quer pulverizar o crédito com garantia no Brasil

empréstimo

SÃO PAULO – A fintech Creditas, antiga BankFacil, acaba de receber um aporte de R$ 60 milhões em investimento série B. O dinheiro arrecadado será usado para reduzir a taxa de juros mínima do crédito com garantia de veículo de 2,15% para 1,99% ao mês e impulsionar a divulgação da plataforma.

A rodada de investimento teve participação da International Finance Corporation (IFC), membro do Grupo Banco Mundial e maior instituição global de desenvolvimento voltada para o setor privado nos mercados emergentes. Trata-se do primeiro investimento em fintech no Brasil em que a IFC atua como líder. A  Naspers Fintech também entrou no capital da Creditas.

“Com o novo aporte e essa combinação de esforços para disseminar o crédito com garantia, acreditamos que poderemos elevar a participação desse tipo de empréstimo no mercado brasileiro de crédito”, disse em nota Sergio Furio, CEO da Creditas.

Novo nome

De acordo com a mesma nota, a mudança de nome de BankFacil para Creditas não foi à toa. “A decisão resulta do desejo de reforçar seu posicionamento como um ‘não-banco’, com um nome que melhor refletisse o modelo de negócios disruptivo da fintech e seu compromisso de oferecer fácil acesso a crédito de juros verdadeiramente baixos”, escreveu a companhia.

 

Contato