Em negocios / inovacao

Amazon registra patente de centro de distribuição de drones no ar

Os drones lançados a partir desses “centros de suprimentos aéreos” gastariam menos energia do que lançados a partir do chão

Drone

SÃO PAULO – No começo de dezembro, a Amazon comemorou sua primeira entrega via drone feita pelo serviço Prime Air. E as ideias inovadoras não param por aí. Foi descoberto recentemente que a empresa pediu o registro de uma patente para usar uma espécie de dirigível gigante que funcionaria como um centro de distribuição de produtos aéreos que seriam entregues com a ajuda de drones, segundo o site The Verge.

A analista de dados de tecnologia da empresa de pesquisa e mercado CB Insights foi quem divulgou a informação por meio de seu Twitter. Os drones lançados a partir desses “centros de suprimentos aéreos” (AFCs, na sigla em inglês) gastariam menos energia do que se lançados a partir do chão.

Além disso, a mobilidade desses armazéns permitiria à Amazon uma maior flexibilidade de entregas, de acordo com a demanda. Por exemplo, a patente oferece um caso hipotético de implantação de um AFC perto de um estádio para permitir a entrega imediata de mercadoria da equipe e lanches durante um jogo.

Por enquanto, a ideia desses centros permanece como patente e ainda não se sabe se isso realmente vai virar uma realidade.

 

 

 

 

Contato