Em negocios / inovacao

Airbnb muda de estratégia e quer planejar viagens completas

Companhia decidiu expandir sua participação para além da hospedagem, e quer ir ainda mais longe

Airbnb
(Divulgação)

SÃO PAULO – O Airbnb anunciou hoje uma ferramenta que promete expandir – e muito – suas operações mundialmente. Agora, além de oferecer hospedagem em casas particulares, a companhia de tecnologia quer planejar viagens completas para seus usuários.

A atualização do app está disponível a partir desta quinta-feira e já tem as novas ferramentas para 12 cidades, incluindo São Paulo e Rio de Janeiro.

“Para muitas pessoas viajar é fácil, mas não é mágico”, contou o CEO da companhia, Brian Chesky, em evento transmitido ao vivo através da página oficial do Facebook do Airbnb. “Para outras, pode acontecer que você passe o mesmo tempo planejando a sua viagem e na viagem”, completa.

A partir de agora, usuários do app encontrarão três opções quando acessarem o Airbnb: Casas, Experiências, Lugares e Viagens. Cada uma delas pretende dar conta de um aspecto diferente da experiência do viajante.

Dentro da aba “Experiences”, o usuário poderá contratar “passeios” diretamente com pessoas que vivem naquelas cidades. É possível participar de um dia de trabalho de uma pessoa que produz artesanato local, por exemplo, dirigir um carro clássico com um colecionador ou participar de uma tarde com um fotógrafo de vida selvagem em determinados destinos.

“A chave disso é que não são tours, você realmente participa do dia a dia de uma pessoa por algumas horas”, explicou o CEO. Segundo ele, mais da metade das possibilidades listadas nesta aba custarão menos de US$ 200. 

Em “Places”, o Airbnb pretende mostrar ao turista lugares que não estão necessariamente em livros, mas são recomendados pelos “guias locais”: pessoas que moram nos destinos selecionados e realmente frequentam os espaços listados. Há restaurantes, festas, espaços de convivência no geral.

Além de servir como guia, a aba “Places” servirá também para realizar reservas diretamente através do app. Isso será feito em parceria com a plataforma Resy, e ainda não está disponível. 

Através da última aba, “Viagens”, todas as reservas ficam organizadas na mesma tela. Eventualmente, o aplicativo pode mandar notificações de eventos e encontros que acontecem no próximo destino planejado.

Amsterdã, Atenas, Banguecoque, Barcelona, Beirut, Berlim, Boston, Buenos Aires, Buffalo, Detroit, Londres, San Francisco, Cape Town, Cartagena, Chicago, Detroit, Dubai, Dublin, Florença, Harlem, Havana, Ho Chi Minh City, Lisboa, London, Los Angeles, Madrid, Mexico City, Miami, Moscou, Nairobi, Nashville, Nova Delhi, Nova Orleans, Oahu, Osaka, Paris, Portland, Praga, Provence, Queenstown, Reykjavik, Rio De Janeiro, Rome, San Francisco, São Paulo, Seattle, Seoul, Shanghai, Singapura, Sydney, Tel Aviv, Tóquio,Toronto e Vancouver são as primeiras doze cidades participantes da mudança. 

Ao final do evento, o executivo deu a entender que a companhia está investindo em criar ainda mais duas ferramentas: voos e serviços, que transformariam o Airbnb em uma plataforma realmente completa de viagens.

 

Contato