Em negocios / grandes-empresas

Amazon inaugura na Índia seu maior edifício no planeta

País é considerado a última grande fronteira do varejo para a gigante de Bezos

Amazon
(Shutterstock)

(Bloomberg) -- A Amazon.com inaugurou hoje em Hyderabad, sul da Índia, seu maior campus, como parte dos preparativos para uma expansão agressiva e para a batalha contra o Walmart em um dos mercados de varejo com maior crescimento no planeta.

A gigante sediada em Seattle faz uma investida ousada na Índia, a última grande fronteira do varejo, que ainda conta principalmente com lojas familiares e de bairro. “O e-commerce é ínfimo na Índia em relação ao consumo total, menos de 3%”, disse Amit Agarwal, gestor das operações indianas da Amazon.

O país em grande parte inexplorado é fundamental para os planos de dominação global da Amazon e do Walmart. Esta última gastou US$ 16 bilhões no ano passado na aquisição da maior startup indiana, a varejista Flipkart Online Services. O fundador da Amazon, Jeff Bezos, até o momento prometeu colocar US$ 5,5 bilhões nas operações na Índia.

Em uma obra que demorou três anos para ser finalizada, o novo campus em Hyderabad é o primeiro prédio de propriedade da Amazon fora dos EUA. São aproximadamente 170.000 metros quadrados de espaço para escritórios — 50 vezes a área do mausoléu Taj Mahal — que serão ocupados por 15.000 trabalhadores.

“Os maiores edifícios em Seattle abrigam cerca de 5.000 funcionários”, observou John Schoettler, vice-presidente da divisão global de instalações e imóveis da Amazon. Segundo ele, o campus era o maior da companhia no mundo, mas tem espaço de sobra para expansão.

“Esta instalação irá desenvolver serviços em todo o globo”, acrescentou Agarwal, citando como exemplos os produtos e serviços AWS, Kindle, Alexa, Amazon.in e Amazon Home Services, que estão “inovando” em atividades como retirada de produtos na porta do usuário e reparo de eletrônicos.

Invista melhor o seu dinheiro. Abra uma conta gratuita na XP. 

Além de inaugurar o novo complexo, a Amazon está investindo em outras frentes na Índia. A companhia negocia a compra de uma participação de 10% em uma das maiores redes de lojas do país, a Future Retail, segundo pessoas familiarizadas com as conversas. A imprensa local noticiou que a Amazon pretende oferecer serviços de entrega de comida na Índia e negocia com diversas empresas de alimentos para dar a largada.

A Amazon iniciou as operações de varejo na Índia em 2013 e, desde então, adicionou vários serviços para impulsionar as vendas, incluindo a produção de filmes ao estilo Bollywood para embalar o programa de fidelidade Prime Video nesse país de amantes do cinema. A adesão ao Prime na Índia dobrou nos últimos 18 meses, segundo Agarwal, que ainda espera “um crescimento tremendo” adiante.

 

Contato