Em negocios / grandes-empresas

Huawei anuncia três novos smartphones em meio à guerra comercial

Nova 5, Nova 5 Pro e o Nova5i não têm data de lançamento fora da China

huawei celular eua
(Shutterstock)

SÃO PAULO – A Huawei, companhia chinesa de equipamentos para redes e telecomunicações, anunciou na última sexta feira (21) seus novos três aparelhos: o Nova 5, Nova 5 Pro e o Nova5i. Junto com os aparelhos, a empresa lança o Kirin 810, sua nova linha de chipset, nome dado ao conjunto de chips (ou circuitos integrados) utilizado na placa-mãe que realizam diversas funções de hardware.

O Huawei Nova 5 Pro configura-se como o mais completo da nova linha. Conta com tela OLED Full HD de 6,39 polegadas, um leitor sônico de impressão digital sob o display e traz uma câmera de selfie com sensor de 32 MP.

A parte de trás tem quatro câmeras - uma principal de 48 MP, outra grande angular de 16 MP, um sensor de profundidade de 2 MP e uma macro de 2 MP.

No hardware, ele vem equipado com o topo de linha Kirin 980 e com 8 GB de RAM e 128GB/256GB de armazenamento. Os preços começam em 2.999 yuans (R$ 1661 em conversão direta) para a variante de 8/128 GB, enquanto o 8/256 GB custa 3.399 yuans (R$ 1884). A previsão é que ele chegue ao mercado chinês no dia 28 de julho.

O Huawei Nova 5 é visualmente idêntico ao nova 5 Pro, tanto na frente, quanto atrás. A principal diferença é que este modelo traz o novo chipset da fabricante, inferior ao do Nova 5 Pro. 

Este modelo conta apenas com uma versão, de 8GB de RAM e 128GB de armazenamento ao custo de 2999 yuans (R$ 1661). Segundo a Huawei, o Nova 5 chega ao mercado até o meio de julho na China.

Já o Huawei Nova 5i tem chipset ainda menos potente do que os outros dois - o Kirin 710. Ele possui quatro câmeras: 24 MP principal + 8 MP grande angular + sensor de profundidade de 2 MP e lente macro de 2 MP.

Aqui as opções de memória e armazenamento são 6 GB + 128 GB e 8 GB + 128 GB. O telefone custa 1.999 yuans (R$ 1108) na versão 6GB/128GB e 2.199 yuans (R$ 1218) na versão com 8GB/128GB e já estará à venda na semana que vem.

Comparativamente, o Nova 5 Pro tem um sistema de câmeras traseiras superior ao do Samsung Galaxy S10+, com uma resolução de 8000 x 6000 pixels contra o 4000 x 3000 pixels do aparelho da Samsung. Porém, as câmeras do Samsung conseguem gravar a 60 fps, já as do Nova 5 Pro não passam de 30 fps.

Ambos os modelos possuem 8 GB de RAM e versões com 128 GB ou 256 GB de armazenamento, mas o S10+, na sua versão máxima, tem 12GB de RAM e 1TB de armazenamento.

Os processadores do Nova 5 Pro e do Samsung Galaxy S10+ são, respectivamente, um 2x 2.6 GHz Cortex-A76 + 2x 1.92 GHz Cortex-A76 + 4x 1.8 GHz Cortex-A55 e um 4x 1.95 GHz Cortex-A55 + 2x 2.3 GHz Cortex-A75 + 2x 2.7 GHz M4.

Já na disputa com o topo de linha da Apple, o iPhone XS Max, o Nova 5 Pro possui o dobro de memória RAM que o iPhone, mas possui quatro vezes menos memória interna. Enquanto o iPhone tem 512 GB, o Nova 5 Pro possui 128 GB, com uma memória expansível de até 256 GB.

A câmera do celular chinês é melhor, com uma resolução de 8000 x 6000 pixels contra os 4608 x 2592 pixel do iPhone. Porém, as câmeras do iPhone conseguem gravar à 60 fps, já as do Nova 5 Pro não passam de 30 fps.

Os processadores do Nova 5 Pro e do iPhone XS Max são, respectivamente, um 2x 2.6 GHz Cortex-A76 + 2x 1.92 GHz Cortex-A76 + 4x 1.8 GHz Cortex-A55 e um 2x Vortex + 4x Tempest.

O lançamento ocorre em meio às incertezas de mercado fora da China, vide a recente suspensão de atualizações do sistema Android pela Google para os aparelhos da Huawei, por exemplo. 

O Departamento de Comércio dos Estados Unidos lançou uma trégua de 90 dias ao banimento que impede empresas dos Estados Unidos de fazerem negócios com a chinesa. O presidente Donald Trump defende a ideia de que Huawei é uma enorme ameaça se estiver no mercado por conta de sua proximidade com o governo chinês e a enorme rede de consumidores que vem crescendo no ocidente.

Não à toa, a empresa não mencionou um possível lançamento dos aparelhos fora da China. Também não é possível informar se esses novos produtos terão suporte para o sistema operacional Android, utilizado nos demais smartphones da marca. 

Quer ter dinheiro para comprar um celular de última geração? Invista. Abra uma conta na XP - é grátis

 

Contato