Em negocios / grandes-empresas

Vender carros não basta: o futuro do mercado de veículos na visão da CEO da Peugeot

Assista à entrevista com Ana Theresa Borsari, CEO no Brasil das marcas de automóveis Peugeot, Citroën e DS

SÃO PAULO - O mercado de automóveis enfrenta um período complicado, no Brasil e no exterior. Muitos jovens não querem dirigir, a competição com empresas de tecnologia tende a aumentar e as exigências regulatórias são cada vez maiores.

Como as montadoras tradicionais vão sobreviver a isso?

Para Ana Theresa Borsari, CEO no Brasil das marcas de automóveis Peugeot, Citroën e DS, a “montadora do futuro será aquela que estará à disposição do consumidor para oferecer o que é conveniente para ele em cada momento”. Pode ser desde a venda de um carro até um serviço de compartilhamento de veículos (carsharing).

A executiva contou como o grupo francês PSA, que é dono das marcas Peugeot, Citroën e DS, está se preparando para isso, e também falou de sua carreira peculiar na companhia. Formada em direito, ela trabalhava no Procon quando foi convidada para ir para a montadora, em 1994.

Trabalhou durante 15 anos na Peugeot do Brasil e, em seguida, foi a primeira mulher a assumir a direção regional da montadora num país, a Eslovênia. Ela também dirigiu Peugeot sul da França e, em 2015, assumiu a presidência no Brasil.

O vídeo faz parte da série a Nova Geração de CEOs, que traz entrevistas com os presidentes de algumas das principais empresas do país, todos na faixa de 40 anos. Veja as entrevistas com Alex Szapiro, da Amazon, e Marcio Santoro, da agência Africa.

Invista melhor e tenha dinheiro para realizar seus sonhos: abra uma conta gratuita na XP.  

 

Contato