Em negocios / grandes-empresas

Sentiu o baque: Huawei adia plano de ser a maior do mundo com guerra comercial

Executivo da fabricante chinesa de eletrônicos disse que vai ter de "esperar um pouco mais" para alcançar um patamar antes previsto para este ano  

huawei celular eua
(Shutterstock)

SÃO PAULO – A fabricante chinesa de eletrônicos Huawei admitiu nesta semana que seu plano de ultrapassar a Samsung como maior marca de smartphones do planeta terá de esperar. Shao Yang, diretor de estratégia da empresa, disse em apresentação a investidores que a empresa se tornou recentemente a segunda maior do setor em vendas e “poderia ser a número um” ao final deste ano, mas agora “terá de esperar um pouco mais”.

Há meses, a empresa sofre com a campanha dos Estados Unidos para bloquear sua tecnologia de conexão 5G ao redor do mundo com a justificativa de que os chineses poderiam utilizar as ferramentas para espionagem. A Huawei negou repetidas vezes que tenha essa intenção.

No mês passado, a Huawei foi colocada em uma lista de empresas com as quais companhias americanas não podem fazer negócios sem uma licença especial. Isso inclui o Google, cujo sistema operacional, Android, alimenta os smartphones fabricados pela chinesa.

Por ora, uma decisão judicial permitiu que o Google siga enviando atualizações de seu sistema operacional para os aparelhos, mas não se sabe quanto tempo essa garantia irá durar. A chinesa disse estar construindo um sistema operacional próprio por garantia, mas que “gostaria de continuar operando com os ecossistemas da Google e Microsoft”.

Graças a essa proibição, algumas operadoras móveis no país adiaram o lançamento de alguns dos novos smartphones mais recentes da marca. O Facebook disse que seus aplicativos não serão mais instalados na configuração de fábrica dos aparelhos da empresa.

Nesta terça, Yang lembrou que sua empresa contribuiu para o desenvolvimento da plataforma aberta do Android, acrescentando que a relação com o Google em específico é uma “questão muito complexa”.

Não sofra baques financeiros: invista e prepare-se para o futuro. Abra uma conta gratuita na XP. 

 

Contato