Em negocios / grandes-empresas

Anac suspende operações da Avianca Brasil

Passageiros com voos marcados devem entrar em contato com a empresa

Avianca
(Divulgação)

SÃO PAULO - A Anac (Agência nacional de aviação civil) suspendeu nesta sexta-feira (24) as operações da companhia aérea Avianca Brasil. De acordo com o órgão, a medida busca "garantir a segurança dos passageiros". A Avianca Brasil está em processo de recuperação judicial desde dezembro de 2018. 

Todos os voos estão suspensos até que a empresa "comprove capacidade operacional para manter as operações com segurança", diz a nota da Anac, complementando que a decisão foi tomada com base em informações prestadas à área responsável por segurança operacional da Agência.

A agência recomenda que passageiros com voos marcados para os próximos dias entrem em contato com a empresa e não se desloquem até o aeroporto antes de receberem mais informações. 

"A Avianca segue obrigada a cumprir integralmente a Resolução nº 400/2016 da ANAC, com a oferta de opções como reembolso e reacomodação", diz a nota, sobre a proteção ao passageiro. 

Recuperação Judicial

A Avianca tenta superar dívidas de R$ 493,8 milhões desde dezembro do ano passado. Os credores da empresa aprovaram um processo de recuperação judicial que divide a operação em Unidades Produtivas Independentes (UPIs) para vende-las em leilão. Uma primeira data para esse leilão, 7 de maio, foi suspensa. 

Desde o início do processo de RJ, a Avianca já cancelou milhares de voos e suspendeu as operações em boa parte dos aeroportos em que operava. Os voos atuais estão concentrados em Congonhas (SP), Santos Dumont (RJ), Brasília e Salvador. 

Os funcionários da Avianca fizeram uma paralisação na semana passada em protesto pela falta de pagamento de salários e depósitos no FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço). 

Proteja seu patrimônio. Abra uma conta gratuita na XP e comece a investir. 

 

Contato