Em negocios / grandes-empresas

Game of Thrones pode ter mais um plot twist. Dessa vez, na Bolsa

Analistas assumiam queda brusca da AT&T pela expectativa de alta taxa de cancelamentos  

Game of Thrones Daenerys
(Reprodução/HBO)

SÃO PAULO – Game of Thrones terminou no último domingo com uma reviravolta: um personagem que nunca quis sentar no trono de ferro acabou rei. Mas o último plot twist da série mais assistida da história pode ser na Bolsa de valores: a ação da AT&T, controladora do canal, vai ter de mostrar resiliência nos próximos meses. 

O papel dispara 3,2% na abertura das negociações nesta segunda-feira, enquanto os índices S&P 500 e Dow Jones caem, respectivamente, 0,64% e 0,47%. A Netflix cai 1,29%. 

Mas a expectativa é de queda para o futuro próximo, e não à toa. A empresa de pesquisa de mídia Mintel Comperemedia previu um salto significativo no número de cancelamentos do HBO Now, nome do serviço de vídeo sob demanda do canal nos EUA, após o término da série.

De acordo com os dados coletados pela consultoria no mês passado, 20% dos assinantes do HBO Now disseram que cancelariam suas contas se sua série favorita terminasse. O número é mais alto que a média das empresas de vídeo on demand: em geral 10% dos assinantes encerraria o contrato com o fim das suas séries mais queridas. Vale lembrar que mais de 18 milhões de pessoas assistiram a Game of Thrones.

Os hábitos gerais de consumo de streaming também pesam negativamente para a HBO. A maioria dos consumidores de serviços de streaming nos Estados Unidos paga entre duas e três assinaturas mensais, mas é mais provável encontrar assinantes do HBO Now entre a minoria (aqueles que possuem quatro assinaturas). Em outras palavras, a HBO é a última escolha e, portanto, a mais facilmente descartável.

O HBO Now tinha ao final de 2018 cerca de 8 milhões de assinantes, de acordo com a empresa de pesquisa de mercado TDG Research. A Netflix tinha, no mesmo período, 139 milhões de clientes pagos e o Amazon Prime chegava a 26 milhões de assinantes em 2017, de acordo com um documento da própria empresa obtido naquele ano.

Até mesmo funcionários da HBO falam sobre o impacto da série na companhia. O apresentador do programa Last Week Tonight, John Oliver, fez piada em uma transmissão com a provável debandada geral de espectadores. “Em duas semanas, esse canal estará tão profundamente f**”, disse ele. 

Vale lembrar que a HBO transmitirá, no próximo domingo, o conteúdo derradeiro de Game of Thrones, o documentário "The Last Watch", sobre o processo de criação e filmagem da série. Depois disso, terá de segurar seus clientes de outras formas. 

Competindo com serviços como Hulu, Amazon Prime e Netflix, a HBO precisa se preparar para a iminente chegada do Disney + em novembro e sua própria controladora, AT&T, que planeja lançar um streaming próprio.

Por ora, já foram anunciadas as transmissões de documentários baseados em Game of Thrones e spin-offs com personagens da trama. Outras séries populares, como Big Little Lies, estão perto das datas de estreia de novas temporadas.

As ações da At&t acumulam alta de 11% em 2019, ante 10% do Dow Jones e 14% do S&P.

Seja sócio das melhores empresas da Bolsa com corretagem zero. Abra uma conta na Clear. 

 

Contato