Em negocios / grandes-empresas

Kraft Heinz nomeia novo CEO, Miguel Patricio

Bernardo Hees, atual presidente da companhia, deixará o cargo em 30 de junho; Patricio era diretor da AB InBev  

Kraft Heinz
(Shutterstock)

SÃO PAULO – A Kraft Heinz anunciou nesta segunda-feira (22) a saída de seu CEO, Bernardo Hees, no dia 30 de junho. Para seu lugar, a gigante alimentícia nomeou Miguel Patricio, que trabalha no grupo 3G há 20 anos e foi diretor de marketing da Anheuser-Busch InBev até março deste ano.

A ação da empresa subia 2% na abertura do mercado na Nasdaq. 

Este é um momento delicado para a Kraft Heinz. As ações da companhia acumulam queda de 23% neste ano em meio a um questionamento geral do seu modelo de negócios centrado em cortes de custos. O valor de mercado atual é menos da metade do apurado no momento de sua criação, a partir da junção entre H.J. Heinz e Kraft Foods.

Em fevereiro, a empresa trouxe ao mercado uma sucessão de más notícias, começando pela redução de 36% no pagamento de dividendos, passando pela perda de US$ 15 bilhões com aquisições mal calculadas e uma investigação pela SEC sobre suas práticas de contabilidade.  

Em entrevista à CNBC, Patricio disse que seu perfil pode ajudar o futuro da empresa. Afirmou ainda que tem um estilo muito diferente do de seu antecessor e que o conselho de administração votou unanimemente por sua nomeação.

Seu foco será em melhorar a construção da marca, o crescimento orgânico e a transformação da empresa em uma operação voltada ao consumidor.

À Forbes, o executivo listou Philadelphia, Heinz e Planter’s como três marcas para as quais vê potencial nesta nova fase. “Focaremos em velocidade. Temos de ser muito rápidos. Mas temos de entender o consumidor melhor que qualquer um”, disse.

Hees retorna à 3G Capital após 6 anos à frente da Heinz -- ele era CEO da fabricante de ketchup antes mesmo da fusão. Sua saída também traz o peso de uma Kraf Heinz que não é mais gerenciada por um sócio da 3G, a gestora de investimentos que tem Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Beto Sicupira como sócios principais.

Patricio é reconhecido por acelerar o crescimento das marcas de cerveja Corona, Stella Artois e Budweiser, que corresponderam a mais de 20% da receita da AB InBev em 2018.

Invista melhor o seu dinheiro. Abra uma conta gratuita na XP. 

 

Contato