Em negocios / grandes-empresas

Doria diz que interessados em fábrica da Ford prometem preservar todos os empregos

Montadora desistiu de manter a fábrica em São Bernardo do Campo

fábrica de caminhões da Ford
(divulgação)

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta sexta-feira, 8, que as três empresas interessadas em comprar a fábrica da Ford em São Bernardo do Campo se comprometeram a preservar a planta e os empregos integralmente. Estas empresas, todas do setor automotivo, já estão tratando diretamente com a Ford, disse o governador.

Doria afirmou que tem rejeitado propostas de empresas que não se comprometem a manter integralmente a planta e os empregos. Outras duas empresas chegaram a fazer consultas, mas foram rejeitadas por esse motivo.

A fábrica tem cerca de 3 mil empregos, dos quais 2 mil estão em risco com o fim da produção. Mil funcionários são do centro administrativo da Ford, que será mantido em São Bernardo.

Até o momento, apenas uma empresa se manifestou publicamente demonstrando interesse na fábrica, o Grupo Caoa, que produz veículos da Hyundai em Anápolis, Goiás, e tem uma rede de concessionárias que revende carros de várias marcas, inclusive a Ford.

Doria reforçou que a Ford se comprometeu a manter a fábrica ativa até novembro deste ano sem realizar demissões e disse que está "muito otimista" em achar um comprador "muito antes" desse prazo.

Invista melhor o seu dinheiro. Abra uma conta gratuita na XP. 

 

Contato