Em negocios / grandes-empresas

Glovo anuncia encerramento das operações no Brasil

A empresa espanhola atuou durante um ano no país, mas a alta competitividade do mercado impediu que ela atingisse os objetivos esperados

Glovo

SÃO PAULO - No próximo domingo (3), a empresa espanhola de delivery via aplicativo Glovo vai encerrar seus trabalhos no Brasil após um ano de operações.

A competitividade intensa do mercado brasileiro, com marcas consolidadas como Rappi, iFood e Uber Eats, teria contribuído para a baixa performance da empresa.

A marca havia acabado de lançar, no início de fevereiro, o Glovo Prime, um plano de assinatura mensal que permitia entregas grátis ilimitadas para pedidos acima de R$ 30,00. No entanto, ao que tudo indica, a medida não foi suficiente para garantir o desempenho esperado.

A Glovo possui operações em 21 países e pretendia atuar em 34 cidades brasileiras até o final de 2019. Em agosto do último ano, foi anunciada captação de 115 milhões de euros de investimentos, dos quais “dezenas de milhares” seriam investidos no Brasil.

Em nota, a empresa informou objetivo de “concentrar recursos em outros nichos da América Latina, Europa, Oriente Médio e África”.

Segundo eles, para que conseguissem obter sucesso no Brasil como foi planejado originalmente, seria necessário mais investimento e tempo para penetrar, liderar e alcançar rentabilidade.

Os valores pendentes de pagamento referentes às vendas e de campanhas promocionais serão efetuados até o dia 10 de março, garante a marca. “Em nossa saída programada, todos os compromissos com usuários, parceiros e entregadores serão honrados.”

Invista seu dinheiro na maior corretora do Brasil. Abra uma conta gratuita na XP!

 

Contato