Em negocios / grandes-empresas

Como a Amazon está relacionada à falência de uma transportadora nos EUA

A New England Motor Freight tem problemas com a demanda muito alta de pacotes de valores relativamente baixos – culpa da Amazon  

Alex Szapiro, CEO da Amazon Brasil
(Divulgação/Amazon)

SÃO PAULO – Uma das maiores transportadoras dos Estados Unidos no segmento chamado de LTL (ou Less-than-truckload, em inglês), que carrega menos que a capacidade total do caminhão, declarou falência na segunda-feira desta semana. A chamada New England Motor Freight (NEMF) tem desafios que podem ser atribuídos a alguns de seus clientes, principalmente a Amazon.

Analistas consultados pelo Business Insider dizem que os contratos com grandes varejistas com crescimento acelerado acabam demandando muito mais das transportadoras do que o inicialmente previsto em contrato. “Os acordos com a Amazon são muito exigentes”, disse um deles.

No ano passado, a gigante do e-commerce entregou mais de um bilhão de pacotes apenas na temporada das festas de final de ano. Mas as margens de lucro das transportadoras advindas desse tipo de entrega, de produtos relativamente leves, não é a mais vantajosa.

Como os produtos são menores, cada rota de entrega acaba sendo mais longa – e portanto mais custosa. Tirar o caminhão da garagem para entregar poucos produtos acaba sendo mais lucrativo.

É por isso que empresas como a UPS, por exemplo, tem priorizado serviços B2B a entregas para o consumidor final. A empresa, bem como a FedEx, limitaram o número de entregas que fecham com a própria Amazon.

“Diversos insiders da NEMF apontaram a super-exposição a uma varejista online muito grande, onde os volumes podem ser altos, mas as margens são muito magras”, disseram analistas da Seaport Global, em relatório. “Os aumentos no volume podem desmantelar operações atuais, níveis de atendimento ao cliente e, portanto, as margens”, complementa.

De acordo com o site FreightWaves, o próprio presidente da transportadora, Myron Shevell, chegou a reclamar de ‘entregadores mesquinhos’ e a dizer que a Amazon fortaleceu sua empresa apesar de não pagar o suficiente.

Planeje suas finanças: invista. Abra uma conta gratuita na XP. 

 

Contato