Em negocios / grandes-empresas

AB InBev elege JPMorgan e Morgan Stanley para IPO na Ásia, dizem fontes

Oferta pública inicial pode ser uma das maiores vendas de ações da região neste ano

Budweiser
(Shutterstock)

(Bloomberg) -- A Anheuser-Busch InBev selecionou o JPMorgan Chase e o Morgan Stanley para uma possível oferta pública inicial de suas operações na Ásia naquela que pode ser uma das maiores vendas de ações da região neste ano, disseram pessoas com conhecimento sobre o assunto.

A maior fabricante de cerveja do mundo está avaliando Hong Kong como local para a abertura de capital, mas ainda não tomou a decisão final, disseram as pessoas. A empresa com sede na Bélgica considera a possibilidade de adicionar futuramente mais organizadores ao acordo, disse uma das pessoas, que pediu para não ser identificada porque a informação é privada.

Um IPO dos negócios da AB InBev na Ásia pode levantar mais de US$ 5 bilhões, disseram pessoas a par do assunto no mês passado. Apenas três IPOs em bolsas asiáticas ultrapassaram esse montante no ano passado, segundo dados compilados pela Bloomberg.

Entre eles estão a oferta de US$ 7,5 bilhões da China Tower e a oferta de US$ 5,4 bilhões da Xiaomi, ambas em Hong Kong. A oferta de US$ 21 bilhões da unidade móvel japonesa do SoftBank Group em Tóquio em dezembro foi a segunda maior de todos os tempos.

“Em linha com nossa cultura, estamos sempre buscando oportunidades para otimizar nossos negócios e impulsionar o crescimento a longo prazo, obviamente sujeitos à nossa rígida disciplina financeira”, disse um representante da AB InBev em comunicado. “Estamos comprometidos com nossos negócios na Ásia-Pacífico e empolgados com o potencial dessa região.”

Um representante do JPMorgan preferiu não comentar. Um representante do Morgan Stanley disse que o banco não poderia comentar imediatamente.

Quer investir em IPOs? Abra uma conta gratuita na XP. 

Uma venda de ações poderia atribuir aos negócios asiáticos da AB InBev um valor de US$ 40 bilhões a US$ 70 bilhões com base em estimativas iniciais, mas o valor futuro dependeria da demanda do mercado e das perspectivas de crescimento, disseram anteriormente pessoas a par do assunto.

A fabricante de cerveja Budweiser tem procurado reduzir os empréstimos após a aquisição da SABMiller por mais de US$ 100 bilhões em 2016. As ações da AB InBev caíram 38 por cento no ano passado, transformando-a em uma das empresas de pior desempenho do índice Euro Stoxx 50 de blue chips europeias. Suas ações subiram quase 16 por cento neste ano, impulsionadas em grande parte pela notícia sobre a possível abertura de capital na Ásia.

 

Contato