Em negocios / grandes-empresas

Apple cai de segunda para quarta empresa mais valiosa dos EUA após carta de Tim Cook

A empresa abriu no pregão desta quinta com queda de mais de 9%, com papeis a US$ 143,14

Tim Cook, CEO da Apple
(Jason Reed/Reuters)

SÃO PAULO – A derrocada das ações da Apple nesta quinta-feira (3) já fizeram a empresa perder US$ 70 bilhões em valor de mercado, permitindo que a dona do Google, Alphabet, e Amazon ultrapassassem a empresa. Da segunda empresa mais valiosa dos Estados Unidos, a Apple passou a ser a quarta.

Invista seu dinheiro com a melhor corretora do Brasil: abra sua conta com taxa ZERO na XP Investimentos!   

O terremoto que atingiu a empresa começou na tarde desta quarta-feira (2), quando o CEO Tim Cook publicou uma carta direcionada para os investidores confirmando que as vendas de iPhones vêm caindo e que a expectativa de receita para o primeiro trimestre deste ano está mais baixa.

“Nossa receita será mais fraca que nossas expectativas originais, enquanto os outros indicadores permanecem em linha”, escreveu. A expectativa de vendas é de US$ 84 bilhões par ao período, ante previsão de US$ 89 bilhões a US$ 93 bilhões.

A empresa abriu no pregão desta quinta com queda de mais de 9%, com papeis a US$ 143,14. Isso representa uma queda do valor de mercado de US$ 749,3 bilhões para US$ 686,4 bilhões.

Ainda nesta quinta, o valor de mercado da Alphabet era de US$ 731,9 bilhões, o da Amazon de US$ 754,9 bilhões e da Microsoft, que se mantem como a mais valiosa dos EUA, de US$ 779,3 bilhões. Repercutindo a derrocada da Apple, o índice Nasdaq abriu em queda de 1,20%, ante baixas de 1,01% para o S&P e 1,45% para o Dow Jones.

Entre as justificativas para o corte na projeção financeira, a empresa citou a desaceleração dos mercados emergentes e menor número de trocas de iPhones – motivado, por exemplo, pela redução no custo para substituição de bateria do dispositivo – e a “desaceleração econômica, principalmente na China”. Confira mais aqui.

 

Contato