Em negocios / grandes-empresas

Maior fintech japonesa lança solução de pagamento no Brasil cobrindo "qualquer taxa do mercado"

Promessa da Rakuten é garantir espaço em terras brasileiras aproveitando o juro negativo

Rakuten
(Shutterstock)

SÃO PAULO - A Rakuten, uma das maiores empresas do Japão e mais prominente fintech do país, lançou oficialmente na última semana sua solução de pagamento para plataformas no Brasil. A promessa é ambiciosa: "cobrir qualquer taxa de intermediação de pagamento existente no mercado". 

O Rakuten Pay funciona como uma espécie de "maquininha virtual" (algo semelhante ao PayPal ou os demais ambientes de pagamento encontrados na internet). O enfoque do lançamento no país são os desenvolvedores de sites para o e-commerce, que serão comissionados quando adotarem a solução em lojas virtuais. 

Leia também: Como uma das maiores empresas do Japão quer usar juro negativo para replicar sucesso no Brasil

Para "convencer" a adoção pelos desenvolvedores, a Rakuten promete pagar a eles 1% do valor de cada pedido transacionado no e-commerce implantado, sem onerar em nada o lojista.

"Criamos essa forma de reconhecimento para destacar a importância de um dos profissionais responsáveis pelo sucesso do varejista e incentivar o crescimento do setor com soluções de qualidade, alinhando os interesses dos desenvolvedores e dos lojistas", declara René Abe, Presidente e CEO da Rakuten Brasil. "Nosso objetivo com esse modelo de negócios é beneficiar a cadeia do e-commerce de uma ponta à outra. Desta maneira, todos ganham com o aumento das vendas e ficam alinhados pelos mesmos interesses", completa o executivo.

A Rakuten, que tem produtos em marketplace, integração logística e programa de pontos, tem nesta novidade uma das suas maiores expectativas para o mercado brasileiro. A empresa pretende usar a vantagem do juro negativo japonês para replicar seu sucesso em terras ocidentais

Quer investir melhor o seu dinheiro? Abra uma conta na XP.

 

Contato