Em negocios / grandes-empresas

Itaú x PagSeguro: o novo competidor de peso na guerra das maquininhas

Com taxas 30% mais baixas que a principal concorrente, novo terminal de pagamento do Itaú mira em segmento novo - sem competir com seus próprios produtos

Itaú Unibanco
(Divulgação)

SÃO PAULO – O Itaú Unibanco anunciou na última terça-feira (17) o lançamento de um terminal de pagamento sob a marca Credicard. Com preços e prazos de pagamento bem agressivos e usando uma marca já conhecida no mercado, o banco pretende participar do segmento de maquininhas voltadas a pequenas empresas e profissionais autônomos, entrando de cabeça na "guerra das maquininhas". Até então, operava neste mercado apenas com a Rede, cujo enfoque principal fica com empresas maiores, graças à maior oferta de serviços personalizáveis (e aos preços mais pesados).

A principal prejudicada pela novidade é, claramente, a PagSeguro - hoje maior representante deste segmento. Com ação listada em NY, a empresa das maquininhas "Moderninha" e "Minizinha" fechou o dia com queda de 2,63% e chegou a cair 4% após o anúncio.

"Agnóstica", a maquininha se chamará POP Credicard e dará a opção ao cliente de receber os ganhos das vendas em qualquer banco, seja conta-corrente ou poupança. As vendas serão pela internet. 

Operada pela First Payment, a POP Credicard traz como principal diferencial o pagamento das vendas no crédito ao lojista em apenas dois dias (D+2). A média do mercado é de 30 dias. Para o débito, o processamento ocorrerá em apenas um dia.

O preço da maquininha em si não está fora da média do mercado. Um dos terminais - o único com detalhes numéricos divulgados até agora - terá custo de 12 vezes de R$ 29,90 (R$ 358,80), sem cobrança de anuidade. Comparativamente, a Minizinha Chip da PagSeguro, custa R$ 238,80; a Super, da SumUp, sai por R$ 238,80 e a Point-I, da MercadoPago, sai por R$ 286,80. A única concorrente direta mais cara que a POP é a MOB, da Stelo, por R$ 478,80.

Mas o pulo do gato no lançamento do Itaú, afora o pagamento em D+2, está nas taxas transacionais. 

Nesta opção mais barata, sem bobina, as taxas são de 1,99% sobre o valor de cada venda no débito e 3,98% para o crédito à vista. Estes valores são cerca de 30% menores que as da Pagseguro no mesmo segmento (2,39% e 4,99%, respectivamente). É a taxa mais baixa da categoria, conforme mostra este gráfico do Credit Suisse: 

Outra versão da maquininha já em operação é a Mega POP Credicard, que é similar ao POS convencional, com bobina para impressão do comprovante de vendas. A previsão do Itaú é de que ainda este ano também seja lançada a Mini POP Credicard, uma opção mais barata que vai funcionar conectada ao celular via Bluetooth.

A ambição do Itaú Unibanco em vendas é igualmente agressiva. A empresa estima vender entre 100 mil e 150 mil terminais neste ano. As maquininhas chegarão ao mercado nesta sexta-feira (20). Comparativamente, a já consolidada PagSeguro possuía 3,1 milhões de maquininhas ativas no primeiro trimestre de 2018.

Até mesmo em estratégia de marketing, a POP sai como concorrente direta da PagSeguro, trazendo Ivete Sangalo como garota propaganda. Tanto Minizinha quanto Moderninha ganharam astros da cultura pop para sua divulgação, entre eles, Michel Teló, Fábio Porchat e Wesley Safadão. 

Também aumenta o potencial competitivo da nova marca o fato de contar com uma adquirente terceirizada. Todas as operações serão processadas pela First Data, cobrando tarifas pelas transações sem vínculo com o banco. "Ter um terceirizado processando as operações pode oferecer flexibilidade adicional a esta operação e aumentar a probabilidade de ganho de tração", dizem analistas do Bradesco BBI.  

Analistas do Credit endossam esta visão. "O racional de terceirizar o processamento à First Data é aumentar a agilidade da Credicard, o que provavelmente é o problema da marca Rede considerando os sistemas robustos e difíceis de atualizar dos bancos", escrevem. "A Cielo, por exemplo, passou mais de 3 anos e centenas de milhões de reais para atualizar sua linguagem de back-office". 

Quer investir melhor o seu dinheiro? Abra uma conta na XP.

 

Contato