Em negocios / grandes-empresas

Venda do Walmart no Brasil pode chegar a R$ 8 bilhões, diz jornal

Brett Biggs, vice-presidente executivo da empresa, afirmou estar "considerando opções" para o Brasil

carrinhos de compras do Walmart - supermercados
(John Gress/Reuters)

SÃO PAULO - O vice-presidente executivo do Walmart e diretor financeiro da rede no mundo, Brett Biggs, afirmou na última quinta-feira (17) durante a divulgação dos resultados do 1º trimestre, que "está considerando opções" para o Brasil.

De acordo com o jornal Valor Econômico, a empresa de private equity Advent International tem o direito de exclusividade das negociações para a compra do controle do negócio. A venda seria de 80% da rede, por um montante entre R$ 7,5 bilhões e R$ 8 bilhões, e o restante (20%) ficaria com os americanos. Entre os nomes cotados pela Advent para comandar o negócio no Brasil, o principal é o de Luiz Fazzio, ex-CEO do Carrefour.

Aos analistas, a varejista afirmou que a operação local afetou os números do braço internacional do grupo. O primeiro trimestre do ano fiscal de 2019 da empresa, encerrado em 30 de abril, registrou um lucro líquido de US$ 2,1 bilhões - uma queda de 30% em relação ao montante registrado no mesmo período do ano fiscal de 2018. Além disso, no primeiro trimestre o valor da empresa recuou em US$ 1,8 bilhão. 

Se o acordo for fechado, a intenção é de anunciá-lo ao mercado nas próximas semanas. As negociações estão considerando o valor do portfólio de propriedades da empresa, um dos principais ativos do Walmart, principalmente devido às lojas no Nordeste do país. Atualmente, o Walmart tem 450 lojas no país. 

De acordo com o BTG Pactual, o Walmart tem enfrentado uma série de dificuldades desde que chegou ao Brasil, em 1994. "O Walmart nunca integrou realmente as suas operações no Brasil, formatos ou marcas por diversos motivos, e a complexidade do mercado local (logística e sistema tributário) também não ajudaram. O tamanho potencial pode finalmente levar a uma reviravolta e um processo de integração integral, o que pode aumentar a concorrência no setor no futuro, mas deve ser um grande desafio para os compradores". 

Quer investir melhor o seu dinheiro? Abra uma conta na XP

 

Contato