Em negocios / grandes-empresas

Zuckerberg ganhou US$ 3 bilhões enquanto testemunhava no Congresso dos EUA

Veredito de Wall Street já está dado, e é favorável ao Facebook

Mark Zuckerberg - Facebook
(Robert Galbraith/Reuters)

SÃO PAULO - Para Wall Street, Mark Zuckerberg e o Facebook são vencedores no julgamento sobre uso indevido de dados que ocorre agora nos Estados Unidos. Enquanto testemunhava perante o Congresso nesta semana, o executivo viu sua fortuna pessoal crescer em US$ 3 bilhões - e o valor da empresa voltar ao patamar de US$ 66 bilhões (crescimento de US$ 23 bilhões).

No início do pregão desta quinta, enquanto investidores digeriam o que Zuckerberg disse sobre o escândalo envolvendo a Cambridge Analytica, as ações subiram 4,5%. Nos últimos dois dias foram realizadas sessões para definir se a empresa descumpriu um acordo no qual prometera notificar e receber permissão explícita antes de utilizar quaisquer dados de seus usuários. Caso considerado culpado, o Facebook pode pagar multa de até US$ 1 trilhão

Mesmo com a recuperação parcial, a ação do Facebook acumula queda de 7% no ano - o pior desempenho entre as grandes empresas de tecnologia listadas. Ante a alta recorde, pré-escândalo, o preço está 16% menor. 

Quer investir melhor o seu dinheiro? Abra uma conta na XP.

 

Contato