Em negocios / grandes-empresas

Uber compra startup para expandir serviço alternativo de transporte

No momento, o serviço de compartilhamento de bicicletas da Uber está disponível somente nos EUA

Jump Bikes
(Reprodução/Instagram: Jump Bikes)

SÃO PAULO - A Uber anunciou na última segunda-feira (9) que adquiriu a startup de compartilhamento de bicicletas elétricas Jump Bikes, o que contribui para os objetivos da companhia de expandir o serviço nos Estados Unidos. 

"Nosso principal objetivo é fazer com que seja mais fácil viver sem se ter um carro próprio. Nosso comprometimento é trazer diferentes formas de transporte com o aplicativo do Uber - para que você possa escolher a forma mais rápida e barata para chegar ao seu destino, seja por meio de um Uber, bicicleta, metrô ou outros", afirmou o CEO da companhia Dara Khosrowshahi. 

A Uber já tinha uma parceria com a Jump para mostrar os locais onde as bicicletas  estavam disponíveis em São Francisco, na Califórnia (EUA). Com a compra, a empresa será uma subsidiária da Uber, com seus 100 funcionários sendo integrados à gigante. 

"Estamos empolgados para começar nosso capítulo e em desempenhar um papel importante na transição do Uber para uma plataforma multimodal e ajudar a substituir milhões de viagens de carros por bicicletas", afirmou Ryan Rzepecki, presidente-executivo da Jump. 

Quer investir melhor o seu dinheiro? Abra uma conta na XP

 

Contato