Em negocios / grandes-empresas

Hyperloop anuncia centro de pesquisa e desenvolvimento no Brasil

O objetivo do centro é, segundo a empresa, "aproveitar uma série de estudos de viabilidade para diferentes rotas no Brasil, tanto para carga quanto para passageiros"

Hyperloop TT
(Divulgação)

SÃO PAULO – A Hyperloop Transportation Technologies, empresa responsável por desenvolver o meio de transporte projetado pelo bilionário Elon Musk de mesmo, anunciou nesta sexta-feira (6) a construção de um centro global de inovação e logística em Contagem, Minas Gerais. Ainda que já contasse com um escritório no Brasil, esse é o primeiro empreendimento da empresa no país.

Em evento realizado nesta sexta, a empresa afirmou que o centro tem operações previstas já para esse ano. Nele ficarão a divisão de pesquisas de logística da empresa, um laboratório de fabricação e um ecossistema de empresas líderes globais, startups, universidades, inovadores, cientistas e “governos de todo o mundo focados em resolver crescentes questões em logística”.

Inicialmente, o investimento feito no centro será de R$ 26 milhões, proveniente de uma parceria público-privada que inclui, além da HyperloopTT, investidores privados e a secretaria de desenvolvimento de Minas Gerais. “O Estado de Minas Gerais e o município de Contagem, em particular, são um dos centros de distribuição de carga mais importantes para o Brasil. Com uma posição geográfica estratégica, uma alta concentração de grandes indústrias, e uma dedicação à inovação, é o local ideal para o Centro Global de Inovação em Logística da HyperloopTT”, disse o presidente da empresa, Bibop Gresta, durante o anúncio.

O objetivo do centro é, segundo a empresa, “aproveitar uma série de estudos de viabilidade para diferentes rotas no Brasil, tanto para carga quanto para passageiros”. O InfoMoney já havia adiantado, no final de fevereiro, o interesse da empresa em trazer o projeto para o Brasil.

Invista seu dinheiro da melhor maneira: abra sua conta na XP Investimentos. 

Além do centro, a HyperloopTT anunciou também a chegada da Hyperloop Academy no Brasil. Através dela serão realizados treinamentos, projetos e parcerias com universidades, startups, centros de P&D e outras organizações. É uma forma encontrada pela empresa de agregar tecnologias de terceiros que, usualmente, não teriam tanta visibilidade.

Considerado um dos sistemas de mobilidade mais revolucionários da atualidade, o Hyperloop consite em uma “cápsula” que viaja através de um tubo através de levitação passiva magnética, tecnologia que permite que a cápsula alcance a velocidade de 1.200 quilômetros por hora. Nessa velocidade, é possível viajar entre São Paulo e Belo Horizonte em 30 minutos.

Ainda que hoje somente o trem seja o único meio de transporte concreto da empresa, o objetivo é criar uma rede completa de mobilidade. Esse projeto foi inicialmente concebido por Elon Musk, fundador da Tesla e da SpaceX.

“Queremos que no futuro seja possível integrar todas as modalidade de transporte, até mesmo aéreo. É uma forma de redimensionar a economia e transformar as cidades, que buscam soluções cada vez mais sustentáveis para solucionar os desafios atuais do transporte no Brasil”, disse Rodrigo Sá, head de desenvolvimento global da HyperloopTT, em entrevista anterior ao InfoMoney.

 

Contato