Em negocios / grandes-empresas

Fabricante de chocolate terá que indenizar cliente que encontrou larvas em bombons

Além do ressarcimento do valor do produto, de R$ 20,90, o cliente pediu indenização por danos morais

Chocolates Cacau Show
(Divulgação)

SÃO PAULO - A Justiça do Rio Grande do Sul manteve a condenação da Cacau Show por vender produtos com larvas. O consumidor comprou uma caixa de chocolates fabricados pela empresa para dar de presente para a namorada e contou, na ação, que quando foram comer encontraram as larvas dentro do bombom. Além do ressarcimento do valor do produto, de R$ 20,90, o cliente pediu indenização por danos morais.

No Juizado Especial Cível da Comarca de Caxias do Sul, a sentença registrou que fotos e vídeo mostraram larva viva e seus vestígios deixados no interior do chocolate. "Inclusive perceptível a perfuração do produto compatível com o habitat do verme." A empresa foi condenada a restituir o valor pago pelo consumidor e ainda indenizá-lo em R$ 1.500. No entanto, o consumidor recorreu ao Tribunal de Justiça para aumentar o valor da indenização.

Em resposta ao InfoMoney, a Cacau Show informa lamentar o ocorrido e que "trata-se de um caso isolado, avaliado com muita seriedade pela empresa, que segue integralmente a legislação Brasileira Vigente e as normas da Vigilância Sanitária sobre Boas Práticas de Fabricação e Comercialização de Alimentos".

"A Cacau Show reforça que os produtos da marca são perecíveis e que, por este motivo, realiza severo e rigoroso controle de qualidade", acrescenta a empresa, em nota. 

 

Contato