Em negocios / grandes-empresas

Publicidade infantil pode ser proibida em escolas públicas e privadas

 A medida está no Projeto de Lei da Câmara 106/2017, que recebeu parecer favorável do relator, senador Cristovam Buarque (PPS-DF)

Criança com sorvete
(Shutterstock)

SÃO PAULO - Uma proposta que proíbe publicidade infantil em escolas públicas e privadas do país pode ser aprovada em reunião da Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor (CTFC) desta quarta-feira (4). A medida está no Projeto de Lei da Câmara 106/2017, que recebeu parecer favorável do relator, senador Cristovam Buarque (PPS-DF). As informações são da Agência Senado.

O projeto proíbe que empresas entrem nas escolas, públicas ou privadas, com o objetivo de fazerem a promoção comercial das suas marcas. Cristovam considerou a matéria relevante ao buscar proteger as crianças da exposição à publicidade infantil. Após análise da CTFC, o texto segue para a Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE).

Quer fazer seu dinheiro render mais? Clique aqui e abra uma conta na Rico 

 

Contato