Em negocios / grandes-empresas

Ex-diretor da Volkswagen é preso na Alemanha

Wolfgang Hatz foi nomeado em 2011 para liderar o setor de pesquisa e desenvolvimento da Porsche

Wolfgang Hatz Volkswagen
(Reprodução/YouTube)

SÃO PAULO - Um ex-diretor da Volkswagen, Wolfgang Hatz, foi preso na quarta-feira (27) por suspeita de envolvimento no escândalo de manipulação de motores a diesel, segundo informações do jornal alemão Süddeutsche Zeitung. 

Essa é a primeira vez que uma pessoa ligada ao alto escalão da montadora é presa na investigação sobre o escândalo de emissões de poluentes da companhia. Em 2015, a fabricante alemã admitiu ter instalado um dispositivo em 11 milhões de veículos diesel que permitia ao motor trapacear em testes de emissão de óxido de nitrogênio, sendo obrigada a pagar o equivalente a US$ 14,7 bilhões em multas aos Estados Unidos para compensar os 475 mil veículos vendidos no país.

Wolfgang Hatz foi chefe do departamento de desenvolvimento de motores da Audi entre 2001 e 2007 e, depois, assumiu um cargo de direção na Volkswagen. Em 2011 foi nomeado para liderar o setor de pesquisa e desenvolvimento da Porsche.

 

Contato