Em negocios / grandes-empresas

Walmart vive polêmica após aparentemente relacionar volta às aulas a armas

Rede de supermercados se desculpou e tomou providências  

SÃO PAULO – Após controvérsia com vitrine em uma loja nos Estados Unidos, o Walmart precisou se desculpar com clientes. Na loja, havia armas expostas sob um anúncio de volta às aulas dizendo “Ganhe o ano escolar como um herói”.

A controvérsia começou quando uma usuária do Twitter publicou imagem onde mostrava essa vitrine com a legenda: “o que vocês estão sugerindo?”. Essa mensagem se espalhou pela internet e diversos usuários relembraram casos de massacres em escolas no país.

Aparentemente, a imagem tem relação com uma campanha de marketing da rede de supermercados que não tem relação alguma com armamento. Leeanna May, que se diz autora da fotografia, disse que achou a situação “nojenta” e acrescentou que fez imediatamente a conexão com os tiroteios em escola.

A companhia disse ao Washington Post que teria “paciência zero” com a situação, mesmo não estando claro se quem posicionou o anúncio naquele local foi funcionário ou cliente.  Pouco depois, o Twitter oficial da empresa disse que a gerente da loja em questão retirou o anúncio.

 

Contato