Em negocios / grandes-empresas

United cria nova forma de lucrar com overbooking

Plataforma permite que voos superlotados se transformem em acordos lucrativos  

United Airlines
(Bloomberg)

SÃO PAULO – Silenciosamente, a United Airlines está lançando, nesta semana, uma plataforma de gestão de voos com overbooking – aqueles cujas vendas de passagens foram superiores ao número de assentos na aeronave. A ideia, segundo o portal Skift, é que a companhia não precise pagar valores altíssimos aos passageiros que se voluntariarem a deixar o voo, como acontece atualmente.

Meses atrás, em abril, a companhia passou por momento turbulento por expulsar com violência um passageiro de avião em overbooking, depois que nenhum cliente se voluntariou a deixar o voo - mesmo com a recompensa de centenas de dólares oferecida. Desde então, o prêmio para passageiros que deixarem voos superlotados ganham valores ainda maiores como compensação.

Agora, a ideia é que a nova plataforma, lançada em parceria com a empresa Volantio, envie e-mails aos passageiros com antecedência oferecendo a possibilidade de flexibilizar suas viagens em casos de lotações imprevistas. Assim, a empresa terá uma base de passageiros dispostos a trocar de voo em troca de recompensas e evita abordar pessoas que não querem ou não podem trocar de voo. O nome dado ao programa é Flex-Schedule Program.

A aérea garante que trocas de datas ou aeroportos nunca serão solicitadas – apenas de itinerários. Ofertas de assentos liberados através dessa plataforma estarão disponíveis com até 5 dias de antecedência, o que permitirá a venda de passagens "valiosas" de última hora com margem de lucro maior para a empresa.

Pessoas que comprarem passagens através do site United.com e permitirem o envio de e-mail marketing receberão as mensagens. Responder positivamente a elas não é garantia de que um nome será chamado para troca de voos com overbooking. Caso seja, porém, o passageiro receberá vouchers de até US$ 250.

 

Contato