Em negocios / grandes-empresas

Ambev pode pagar R$ 1 milhão por assédio moral

Após receber denúncia anônima, ministério constatou funcionários eram humilhados por gerentes

Ambev 3
(Divulgação/Ambev)

SÃO PAULO – O MPT-AL (Ministério Público do Trabalho em Alagoas) processou a Ambev (Companhia de Bebidas das Américas) em R$ 1 milhão pela prática de assédio moral em unidade em Maceió.

O ministério constatou a irregularidade após receber uma denúncia anônima; ex-funcionários relataram que gerentes tratavam os subordinados de forma grosseira e cobravam resultados com rigor excessivo, causando abalo psicológico entre os trabalhadores. O tratamento humilhante era feito na presença de outros colegas de trabalho em reuniões realizadas diariamente.

Além de praticar assédio moral, a Ambev obrigava seus empregados a compensar os feriados em dias de sábado, quando a jornada de trabalho é de apenas quatro horas. Nessa situação, o trabalhador era prejudicado porque ficava proibido de folgar em jornada diária de trabalho de oito horas.

A ação pede que os supervisores sejam proibidos de cometer qualquer conduta que cause assédio moral aos empregados, além de requerer que a companhia conceda as folgas compensatórias relativas aos feriados trabalhados.

Caso seja condenada, a Ambev deverá, ainda, promover cursos voltados para a área de relações interpessoais, incluindo o tema, uma vez por ano, e também deverá criar setor de ouvidoria interna, destinada a receber denúncias de assédio moral, garantindo o sigilo da identidade do denunciante. A ação prevê multa de R$ 500 mil em caso de descumprimento das obrigações.

Procurada pelo InfoMoney, a companhia informou que não comenta ações jurídicas em andamento. "A empresa, que conta com cerca de 37 mil funcionários no Brasil, em hipótese alguma pratica ou tolera qualquer desrespeito aos seus empregados. A Ambev incentiva a cooperação interna, a ética e a transparência nas relações entre seus funcionários. O bom ambiente de trabalho é refletido pelos inúmeros prêmios de gestão de pessoas que recebe a cada ano. Além disso, a companhia está entre as empresas mais admiradas e procuradas pelos jovens talentos brasileiros."

 

Contato