Em negocios / grandes-empresas

DirecTV revisa para baixo base de clientes da Sky Brasil

Base de 2012 informada pela empresa à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) teria 100 mil clientes a menos

sky gisele
(Reprodução/Youtube)

(Reuters) - A norte-americana DirecTV afirmou nesta quinta-feira que uma investigação interna descobriu que alguns funcionários de sua unidade Sky Brasil cometeram irregularidades no registro de dívidas de clientes, inflando a base de usuários no país.

Com isso, a base de 2012 informada pela empresa à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) teria 100 mil clientes a menos, com base em estimativas preliminares. Além disso, até o final de março deste ano, a base teria aproximadamente 200 mil clientes a menos que o número informado à autarquia.

Entre as práticas irregulares encontradas pela investigação da DirecTV, a companhia apontou a administração indevida de contas, com a diminuição ou eliminação de saldos devedores de clientes.

Segundo a DirecTV, estes desvios foram identificados e encerrados em investigação interna. A companhia espera que todos os assinantes da Sky Brasil erroneamente reconhecidos como clientes ativos tenham sido eliminados do balanço da empresa após 31 de março deste ano.

A companhia afirmou que a base de clientes da Sky Brasil até 31 de maio era de 5.212.359 assinantes ante 5.342.814 em abril. A DirecTV atribuiu o corte ao alto número de contas encerradas. A empresa vai reconhece encargo antes de impostos de cerca de 25 milhões de dólares no segundo trimestre deste ano em decorrência das irregularidades encontradas.

 

Contato