Oferecido por

Escritórios da XP unem operações e criam a WV, que mira R$ 2 bilhões sob gestão ainda em 2023

A junção das casas de agentes autônomos de investimento Waru e Vivaz reunirá nove escritórios em quatro estados e mais de 3mil clientes em um único negócio

MoneyLab

Publicidade

Os últimos anos – e 2023 não parece ser diferente – foram de intensa movimentação nas assessorias de investimentos, que atraíram profissionais dos grandes bancos, passaram a oferecer um atendimento mais personalizado e ampliaram sua rede de atuação. Com a evolução deste mercado, em que a maior sofisticação do investidor brasileiro estimulou a criação de escritórios fora do eixo Rio-São Paulo, o momento atual é outro e tem como marca a consolidação no segmento.

O ano começou com algumas movimentações importantes de escritórios credenciados à XP Investimentos. Entre as mais recentes está a união dos escritórios Waru e Vivaz para a criação da WV Investimentos.

A nova empresa nasce com R$ 1,5 bilhão em ativos sob custódia, nove escritórios nos Estados de São Paulo, Santa Catarina, Paraná e Minas Gerais, e mais de 3 mil clientes. Um dos sócios da WV Investimentos, Rafael Werlang explica que a decisão de unir forças foi um caminho natural na história das duas casas.

“Havíamos trabalhado juntos no setor bancário na última década e decidimos empreender olhando para a evolução do mercado financeiro. A pandemia veio logo após a criação das duas empresas, fator que levou investidores a buscar mais orientação profissional, e as duas empresas souberam aproveitar bem as oportunidades em meio à crise. A fusão fazia todo sentido para nós”, destaca Werlang.

Já em 2021, em seus primeiros anos de assessoria, a Waru e a Vivaz foram reconhecidas ambas com a premiação S20 – o Prêmio para escritórios e profissionais credenciados à XP com melhores resultados e engajamento de clientes.

“Com o ingresso ao S20, ambas as empresas participavam de eventos estratégicos liderados pela XP. Estávamos sempre juntos nesses encontros comentando sobre as particularidades de cada operação, onde foi ficando evidente a proximidade de propósito e o que poderiam acrescentar uma à outra”, relembra Thales Baldinotti, sócio vindo da Vivaz.

Além da cultura das empresas ser semelhante, também ajudou na decisão de criar a WV Investimentos a possibilidade de complementaridade das operações, que cresceram sustentadas por estratégias distintas. Uma empresa com um forte foco operacional e outra com estratégia comercial agressiva.

Após trabalho intenso de consolidação das operações, agora o processo passa para uma nova etapa com foco no comercial. “Com as áreas de suporte prontas para absorver toda tarefa operacional para os assessores, eles ficam com caminho livre para se aproximar ainda mais de seus atuais e novos clientes, gerando grande valor”, comenta Aruã Condeixa.

Entre as metas traçadas para a nova empresa está um crescimento de 30% nos ativos sob custódia neste ano, fechando 2023 com R$ 2 bilhões em carteira.

Segundo Rafael Werlang, aproveitando o movimento da própria XP, a WV aposta na ampliação de sua estrutura para oferta de conta investimento nos Estados Unidos para todos os perfis de cliente, além de investimentos Offshore para clientes que buscam uma estrutura mais sofisticada de investir no exterior.
“Temos como potencializar as bases que já temos e nas regiões em que estamos presentes. É raro um escritório com três anos de vida ter presença física em quatro Estados. Vamos melhorar a produtividade da estrutura atual”, explica o sócio Aruã Condeixa, acrescentando que inicialmente o foco permanece nos clientes atuais.

Com a unificação das operações, a empresa conta hoje com uma forte estrutura operacional que dá suporte ao assessor para elevar sua dedicação ao nosso cliente, conforme explica o sócio Baldinotti.

“Internamente a WV conta com uma estruturação segmentada que favorece a eficiência do trabalho de assessoria em investimentos e fortalece a qualidade nos serviços ofertados. Faz isso ao direcionar para o cliente o formato de atendimento mais adequado ao perfil e ao permitir o desenvolvimento pessoal e profissional da equipe”, afirma.

“Além disso, permite aos profissionais o desenho de uma carreira no setor de investimentos em diferentes vertentes com movimentação horizontal e vertical”, completa Juan Sabbi, outro sócio da empresa.

Outra herança das empresas que deram origem à WV Investimentos – a busca por equidade de gênero – também entra em nova fase com a fusão dos escritórios originais. Juan Sabbi lembra que na Waru a busca por um ambiente diverso, com maior participação de mulheres, era feita de forma ativa.

“A Assessoria em Investimentos já conta com muitos profissionais no Brasil, mas a participação das mulheres ainda é pequena proporcionalmente”, comenta.

“O surgimento de uma empresa robusta e competitiva trará oportunidades de crescimento com a entrada de profissionais em formação e dos que buscam uma transição de carreira. Ambos encontrarão um ambiente voltado para negócios e que valoriza suas carreiras”, comenta Orlando Niegski

Plano de sociedade para assessores
A WV Investimentos já tem um plano de sociedade oficial, registrado e que permite aos novos assessores estarem aptos a virarem sócios da companhia.

Leandro Siriani destaca que “a nova estrutura também fortalece o atendimento aos nossos clientes Private. Atualmente a equipe tem mais profissionais qualificados, inclusive mais de 17% dos profissionais possuem a certificação CFP® (Certified Financial Planner)”.

E complementa: “A busca por investimentos mais sofisticados aumentou nos últimos anos e o nosso maior diferencial é conseguir assessorar os clientes de acordo com a sua necessidade e seu perfil, de forma customizada. Com isso, além de atingir seus objetivos no longo prazo, o cliente se sente mais seguro para passar por momentos de incerteza no mercado”.

O sócio José Carlos Cravo comenta que, nos últimos anos, o Brasil teve um grande aumento dos investidores em renda fixa e variável.

“Para se ter uma noção, em 2018 o número de investidores pessoa física na B3 era em torno de 700 mil e em dezembro de 2022 chegou na marca 5 milhões (aumento de mais de 700%.). Essa evolução de investidores mostra a importância e a responsabilidade da WV em fornecer uma assessoria completa, ou melhor 360º, com um olhar atento ao perfil do cliente”.

Para saber mais sobre a WV Investimentos, acesse o site.

MoneyLab

MoneyLab é o laboratório de conteúdo de marcas do InfoMoney. Publicidade com criatividade e performance a favor de grandes ideias. Publicamos conteúdos patrocinados para clientes e parceiros.