Energia

EDP fecha acordo com Ampla para pôr fim em disputa judicial por contratos

Disputa judicial refere-se à manutenção do contrato de comercialização de energia celebrado entre as partes em 26 de junho de 2002 até o ano de 2022

SÃO PAULO – A Energias do Brasil (ENBR3) comunicou nesta sexta-feira (7) que sua subsidiária EDP Comercialização e Serviços de Energia fechou acordo com a Ampla Energia e Serviços para pôr fim à disputa judicial entre as partes.

De acordo com comunicado enviado à CVM (Comissão de Valores Imobiliários), a disputa era referente à manutenção do contrato de comercialização de energia celebrado entre as partes em 26 de junho de 2002 até o ano de 2022.

“Em função do referido acordo, a EDP Comercializadora contabilizará um efeito positivo de R$ 22,3 milhões no Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) do quarto trimestre de 2012”, afirma nota assinada por Miguel Dias Amaro, diretor vice-presidente de finanças e relações com investidores e de controle de gestão.