Desafio dos 21 dias

Depois de conquistar América Latina, CEO da Arezzo quer ir além

Após forte crescimento do grupo nos últimos anos, Alexandre Birman quer consolidar a imagem da marca como realizadora de conquistas das mulheres

Aprenda a investir na bolsa

“Não tem bala de prata”. Para Alexandre Birman, CEO da Arezzo&Co, não existe uma fórmula mágica para construir um negócio de sucesso. Porém, a combinação de consistência, foco e aprendizado pode ajudar a construir uma trajetória promissora.

“Gosto de me enxergar como uma esponja que está sempre absorvendo conhecimentos novos, com foco nos meus objetivos e com um trabalho árduo”, afirmou Birman durante uma transmissão ao vivo no Instagram do Primo Rico, às 5h06 da manhã desta terça-feira, 21.

Para assistir a outras entrevistas exclusivas, entre para o canal do Primo Rico no Telegram. Basta clicar aqui

No decorrer da conversa, Birman contou detalhes do processo de criação da Arezzo&Co e do modelo de negócios do grupo. “Eu nasci em uma família que já possuía um negócio de calçados em funcionamento, então, para mim, dar um passo à frente é mais do que apenas uma expressão”, diz Birman.

Com capital aberto na Bolsa brasileira desde 2011 e líder de mercado na América Latina, a Arezzo&Co registrou em 2019 faturamento de pouco mais de R$ 2 bilhões.

Apesar do forte crescimento, Alexandre Birman diz que seu propósito hoje vai além de aumentar o número de marcas e franquias do grupo e vender mais calçados.

“Quero consolidar a imagem da empresa como a marca que ajuda mulheres do mundo inteiro a sentirem confiança para conquistar o que desejam”, afirma.

Thiago Nigro e Alexandre Birman durante live do Primo Rico
Thiago Nigro e Alexandre Birman durante live do Primo Rico

“Acredite em si mesmo a cada passo”

Quando o assunto é a criação de marcas, Birman possui um vasto currículo. Além da própria marca Arezzo, o grupo Arezzo&Co tem hoje mais cinco marcas sob controle, incluindo a Schutz e a Ana Capri. No entanto, diz Birman, construir esse império teria sido impossível sem uma boa dose de confiança.

“Na vida, você tem que começar com autoconfiança. Se você não acredita naquilo que você pode oferecer, como você espera que outra pessoa acredite?”, afirma.

Para ele, o pensamento de longo prazo também foi fundamental para garantir a solidez de seu negócio. “Desde muito cedo, meu pai se preocupou com a questão de sucessão do negócio. Ele sabia que a marca tinha tudo para dar certo e começou a traçar estratégias para garantir sua existência no longo prazo. Aprendi muito sobre planejamento e persistência com ele”, conta o CEO da Arezzo.

O desafio

A live desta terça-feira faz parte do Desafio de 21 dias do Primo Rico e atraiu cerca de 53,5 mil pessoas simultaneamente. Durante três semanas, Nigro faz transmissões ao vivo às 5h06 em seu perfil no Instagram com a proposta de ajudar as pessoas a conquistarem sua liberdade financeira.

Em todos os dias de desafio, o conteúdo das lives sai do ar logo após o fim da transmissão. Quem acompanha o desafio pelo Telegram tem acesso a conteúdos extras e aos nomes de alguns dos convidados especiais das transmissões seguintes.

Para participar do grupo de Telegram do Primo Rico e ter acesso gratuito aos conteúdos compartilhados por lá, clique aqui.