Ações

Conselho do Pão de Açúcar rejeita proposta de migrar para Novo Mercado

Em reunião, o Conselho ainda aprovou um aumento de capital no valor de R$ 2,44 milhões, com a emissão de 104.200 ações preferenciais

RIO DE JANEIRO – O Conselho de Administração do grupo Pão de Açúcar (PCAR4) não aprovou a migração da companhia para o Novo Mercado, nível mais alto de governança corporativa da BM&FBovespa, conforme pretendia o presidente do Conselho, Abilio Diniz.

Segundo ata da reunião realizada na última sexta-feira (14), foram oito votos contrários, quatro a favor e duas abstenções.

A decisão ratificou a afirmação do francês Casino, acionista controlador do Pão de Açúcar, no domingo (9), de que não tinha planos de levar a varejista ao Novo Mercado.

Apesar da negativa, Diniz decidiu manter a proposta na pauta da reunião do Conselho, realizada na sexta-feira.

A nova discordância se soma à difícil relação entre o empresário brasileiro e o Casino, que se tornou controlador do Pão de Açúcar em junho deste ano. Desde então, especula-se a respeito de uma possível saída de Abílio da rede varejista em uma operação que poderia envolver a ViaVarejo, unidade de eletroeletrônicos e comércio online do grupo.

Na reunião, o Conselho ainda aprovou um aumento de capital no valor de 2,44 milhões de reais, com a emissão de 104.200 ações preferenciais.