Em negocios / como-vender-mais

Os melhores comerciais do Super Bowl - e quanto custou cada um deles

Momento mais nobre da TV norte-americana cobra US$ 5 milhões por 30 segundos

Comercial Amazon Super Bowl
(Reprodução/YoutTube)

SÃO PAULO - Um dos eventos mais esperados do ano, o Super Bowl, a final do NFL (National Football League) - campeonato de futebol americano, chama a atenção todos os anos por apresentar o horário mais nobre da TV norte-americana quando se trata de publicidade, chegando a cobrar US$ 5 milhões por exatos 30 segundos no ar. 

De acordo com o site do evento, o investimento chega a ser maior do que em finais de baseball (World Series) e de basquete (NBA). Além disso, durante a última década o preço médio de um comercial de 30 segundos no Super Bowl aumentou em 87%. 

Reunindo mais de 30 comerciais, a edição de número 52 contou com alguns comerciais "queridinhos" e outros que não chamaram tanto a atenção do público. O portal CNBC elegeu os melhores que foram ao ar na última noite. Confira:

PepsiCo.
Após não ter muito sucesso com seu comercial na edição do ano passado, a Pepsi voltou com tudo em suas propagandas da Pepsi e outra da Mountain Dew em parceria com o Doritos. 

Enquanto o primeiro, de 30 segundos, traz estrelas de diferentes gerações, incluindo Cindy Crawford, Britney Spears e Michael Jackson, e deve ter custado cerca de US$ 5,1 milhões, o segundo traz Peter Dinklage, Busta Rhymes, Morgan Freeman e Missy Elliot para anunciar os produtos Doritos Blaze e o Mountain Dew Ice, chegando a custar US$ 10,2 milhões.

Marvel - "Os Vingadores: Guerra Infinita"

O comercial de 30 segundos da Marvel traz estrelas como Benedict Cumberbatch, Scarlett Johansson, Robert Downey Jr., Chris Evans e Tom Holland. É estimado um gasto de US$ 5,2 milhões com o comercial. 

Tide
O comercial da marca de detergentes e sabão em pó Tide ficou entre um dos melhores, segundo a CNBC, estrelando o policial de "Stranger Things", David Harbour. O valor estimado é de US$ 8,1 milhões. 

Amazon
Com 90 segundos, o comercial da Amazon foi um dos mais esperados pelo público e foi um sucesso. Com celebridades como Rebel Wilson, Gordon Ramsay, Sir Anthony Hopkins e até o fundador e CEO Jeff Bezos, o vídeo já foi visto mais de 23 milhões de vezes no YouTube. Segundo o portal CNBC, o valor do comercial estimado é de US$ 14,9 milhões. 

The NFL
Os jogadores de futebol americano Eli Manning e Odell Beckham Jr. dançando "Dirty Dancing" foram uma das melhores atrações deste ano no comercial do NFL. Segundo o site iSpot, 99% das impressões foram positivas. O valor gasto estimado é de US$ 1,4 milhão. 

 

Contato