EXPERIMENTE!

Clique e experimente a
versão rápida do

Em negocios / como-vender-mais

Fabricante de óculos faz piada com muro de Trump e piloto de F1 encerra patrocínio

"Nunca vou deixar que ninguém faça piada com meu país", escreveu o atleta

Sérgio Perez
(Wikimedia Commons)

SÃO PAULO – O mexicano Sergio Perez, da F1, encerrou seu acordo de patrocínio com a marca de óculos Hawkers depois de uma piada nas redes sociais a respeito de Donald Trump.

Durante a apuração dos votos na terça-feira, a companhia usou uma das propostas mais polêmicas do então candidato, o muro separando a fronteira dos EUA com o México, para fazer piada. “Mexicanos, coloquem estas lentes para que não se note os olhos inchados amanhã durante a construção do muro”, dizia postagem no Twitter.

Pouco tempo depois, o piloto respondeu com sua própria conta: “que comentário ruim. Hoje mesmo termino minha relação com a @HawkersMX. Nunca vou deixar que ninguém faça piada com meu país”.

Posteriormente, a empresa chegou a apagar a postagem e gravar um vídeo a respeito ofensa, que chamou de “erro grave”. Como resposta, diversos seguidores defenderam que o piloto não aceitasse o pedido de desculpas.

A piada com o muro fez parte de uma série de tuítes ofensivos sobre a situação dos mexicanos com Trump na presidência dos EUA. Em um caso, foi usada a imagem do personagem Sr. Madruga, do Chaves, dizendo que a vitória “significa perigo”.

 

Em postagens recentes, a Hawkers diz que apagou os tuítes ofensivos e usa a hashtag #sentimosdecoraçãoMéxico.

Contato