MERCADOS AO VIVO Ação da Mater Dei (MATD3) estreia na B3 com queda de cerca de 5%

Ação da Mater Dei (MATD3) estreia na B3 com queda de cerca de 5%

Sucroalcooleiro

BTG: São Martinho é player valioso, mas faltam gatilhos de curto prazo

Banco reiterou a recomendação de compra para a companhia, com preço-alvo de R$ 31,00 - potencial de alta de 21%

SÃO PAULO – O BTG Pactual reiterou a recomendação de compra para São Martinho (SMTO3), depois de encontro com investidores em São Paulo, mas alertou para a falta de gatilho para as ações no curto prazo. O banco estabelece preço-alvo de R$ 31,00 para os papéis nos próximos 12 meses – o que corresponde a um potencial de alta de 20,95% sobre a cotação de fechamento de segunda-feira (10). 

“Um modelo de negócio único, eficiência operacional e valuation relativamente ainda barato fazem de São Martinho um player de valor atraente no universo sucroalcooleiro, o que justifica nosso rating de compra”, diz o relatório assinado por Thiago Duarte e Enrico Grimaldi.

No entanto, eles destacam que os “triggers” de curto prazo parecem menos prováveis agora. “Fora a negociação de compra da usina de Santa Cruz e o aumento da mistura do etanol à gasolina, previsto para abril de 2013, o timing de outra valorização e de estímulos do governo são incertos, enquanto os preços do açúcar provavelmente não irão a lugar nenhum, mas recuarão em 2013”, explicam. 

Durante o encontro com investidores, a diretoria da São Martinho reiterou o foco da companhia em eficiência operacional e informou a expectativa de aumentar a capacidade de moagem de cana-de-açúcar em 34%, para 19,5 milhões de toneladas em 2015.