Ações PN da Mundial caem 24,3%, após recuarem mais de 50% na véspera

Assim como no pregão anterior, BM&F Bovespa suspendeu as negociações do papel, sendo retomadas somente às 17h

SÃO PAULO – Assim como na sessão anterior, quando caíram mais de 50%, as ações da Mundial (MNDL3, MNDL4) voltaram a figurar entre os principais destaques negativos da bolsa brasileira nesta quinta-feira (21). As desvalorizações no intraday foram tão fortes que fizeram com que a BM&F Bovespa suspendesse as negociações com os papéis da companhia por várias vezes no decorrer do pregão.

Após terem seus negócios suspensos às 15h27 (horário de Brasília) e sendo retomados somente depois das 17h, os papéis PN da Mundial fecharam o dia com queda de 24,30% em relação ao fechamento anterior (R$ 2,51), estando cotados a R$ 1,90 – lembrando que eles fecharam a quarta-feira (20) com desvalorização de 50,88%. Vale mencionar que nessa sessão esses ativos chegaram a ser negociados a R$ 1,21, indicando uma queda de 51,79%.

Já as ações ordinárias, que deixaram de ser negociadas às 15h28, voltaram aos negócios no finald do pregão e fecharam o dia a R$ 3,98, queda de 33,67%, seguindo as perdas de 14,41% obtidas na véspera. No intraday, os papéis MNDL3 chegaram a ser negociados a R$ 3,00, exatos 50% abaixo da cotação vista no fechamento anterior.

PUBLICIDADE

Na mesma linha, as ações da Hercules (HETA4), empresa coligada do Grupo Mundial, recuaram 32,27%, fechando cotadas a R$ 1,49 – no pregão anterior, elas recuaram 44,30%. As negociações com esses ativos foram suspensas pela bolsa por volta das 15h30 desta quinta-feira, com o leilão de reabertura também ocorrendo depois das 17h.

Empresas perderam mais da metade do valor em 2 pregões
Somando a desvalorização relatada nesta quinta-feira com as do pregão anterior, as ações ordinárias da Mundial totalizam uma queda de 62,82%, enquanto os ativos ON já recuaram 43,22%. As ações da Hercules, por sua vez, caíram 62,28% no acumulado desses dois dias.

Dessa forma, o desempenho acumulado no ano por esses papéis também caiu forte. Os ganhos da MNDL3, que superavam a faixa dos 2.000% no começo da semana, estão agora em 1.545,99%. Já a alta de MNDL4, que era superior a 1.000% até terça-feira (19), atualmente encontra-se em 551,13%.