13 biografias indicadas por empresários de sucesso para colocar na lista de leitura de 2023

Confira alguns dos livros mais indicados para quem quer 'aprender com os erros dos outros' e se inspirar em histórias reais

Rafaella Bertolini

Publicidade

“Você não pode ser o que não pode ver”, diz Ana Cabral-Gardner, co-CEO da Sigma Lithium, em entrevista ao podcast Do Zero ao Topo. A executiva justifica, com a frase, uma quase obsessão com a leitura de biografias de mulheres na busca por “modelos de sucesso” nessas histórias.

Diego Martins, fundador e CEO da Unico, também em entrevista ao podcast, afirmou que “os livros com os quais mais aprendi, foram as biografias. As biografias trazem a não linearidade das histórias”. Esse gosto por ‘aprender com os erros dos outros’ é bastante comum entre empreendedores e homens e mulheres de sucesso. Por isso, separamos as 13 obras indicadas ao longo de 2022 pelos entrevistados do podcast para inspirar os últimos dias deste ano.

Luiza Helena: Mulher do Brasil – Pedro Bial (Editora Gente)

Continua depois da publicidade

A empresária Luiza Helena Trajano, presidente do Conselho de Administração do Magazine Luiza (MGLU3), além de ter um pouco da sua história contada no SAGA MAGALU, agora possui uma biografia rememorando toda sua trajetória.

Sam Walton: Made in America – Sam Walton (Editora Alta Books)

No livro você conhecerá a história de Sam Walton, que transformou uma pobre cidade algodoeira na Wal-Mart, uma das maiores e mais famosas redes varejistas lojas varejistas do mundo. A obra foi indicada por Paulo Nassar, fundador da Cobasi a CEO da rede de pet shops que faturou R$ 2,6 bilhões em 2022.

Steve Jobs – Walter Isaacson (Editora Intrínseca)

Walter Isaacson, autor da biografia de Steven Jobs, se baseou em mais de quarenta entrevistas realizadas com Steve Jobs ao longo de dois anos ― e em várias outras feitas com mais de cem familiares, amigos, adversários, concorrentes e colegas de trabalho ―, para redigir a trajetória de um dos mais emblemáticos nomes do mundo dos negócios.

A Marca da Vitória – Phil Knight (Editora Sextante)

Já famoso no mundo dos negócios, “A Marca da Vitória” conta a história de Phil Knight, criador da Nike. Aqui o leitor encontrará detalhes dos riscos enfrentados por Knight, dos concorrentes implacáveis e de seus muitos triunfos e golpes de sorte.

Na Raça – Maria Luíza Filgueiras (Editora Intrínseca)

Em “Na Raça”, a jornalista Maria Luíza Filgueiras, narra a trajetória de Guilherme Benchimol, que começou com uma demissão e acabou se transformando na fundação da XP.

Mauá: empresário do Império – Jorge Caldeira (Editora Companhia das Letras)

A carreira do visconde de Mauá (1813-1889) teve de tudo um pouco. Para montar a primeira indústria – um grande estaleiro e uma fundição em Niterói -, a primeira estrada de ferro e o primeiro banco a operar em grande escala no Brasil, ele teve de brigar contra uma sociedade provinciana, que considerava o feitor de escravos como o melhor gerente de recursos humanos.

Napoleão: Uma vida – Vincent Cronin (Editora Amarilys)

Napoleão Bonaparte é uma figura histórica quase mística. O livro busca justamente se aproximar da figura pessoal, sem deixar de lado as reviravoltas históricas que ele protagonizou.

Agassi: uma autobiografia – Andre Agassi (Editora Intrínseca)

Andre Agassi é um dos mais conhecidos jogadores de tênis do mundo, A obra é um mergulho em sua história, desde a juventude, na busca dos próprios desejos reprimidos por uma infância e adolescência totalmente voltadas para a construção da carreira no esporte, até sua relação conturbada com a própria carreira.

Personal History* – Katharine Graham (Editora Vintage)

Para quem busca, além de boas histórias, uma leitura em língua estrangeira “Personal History” pode ser uma boa pedida. Katharine Graham, a mulher que comandou o Washington Post durante os escândalos dos “Pentagon Papers” e “Watergate”, conta sua história. *obra sem versão à venda em português

Madam Secretary* – Madeleine Korbel Albright (Editora Harper Perennial)

​​”Madam Secretary” apresenta a história pessoal da ex-secretária de Estado Madeleine Albright. Por oito anos, durante os dois mandatos presidenciais de Bill Clinton, Albright foi ativa em alguns dos eventos mais dramáticos de nosso tempo. *obra sem versão à venda em português

Minha História – Michelle Obama (Editora Objetiva)

Ana Cabral-Gardner, Co-CEO da Sigma Lithium, é uma grande fã de biografias. Entre suas indicações da vida, ela colocou o livro “Minha História”, que conta a trajetória de ninguém menos que Michelle Obama. Na obra, a própria Michelle mostra seu mundo, das experiências da infância, seus dilemas enquanto executiva e o desafio de ter sido a Primeira Dama dos Estados Unidos.

No Higher Honor* – Condoleezza Rice (Editora Crown)

Ainda nos títulos em inglês, ​​”No Higher Honor” conta a história de Condoleezza Rice. Natural de Birmingham (Alabama), ela superou o racismo da era dos direitos civis para se tornar acadêmica e especialista em relações exteriores. Seu primeiro destaque foi como conselheira de George W. Bush durante a campanha presidencial de 2000 e, eventualmente, tornou-se uma de seus confidentes mais próximos. *obra sem versão à venda em português

Em Busca De Sentido – Viktor E. Frankl (Editora Vozes)

“Em Busca de Sentido” é uma autobiografia sobre o período em que Viktor E. Frankl passou no campo de concentração nazista. Como psiquiatra, o autor narra o doloroso período com uma abordagem psíquica, trazendo análises e reflexões sobre a época.

Rafaella Bertolini

Editora de redes sociais do Stock Pickers e Do Zero ao Topo. Escreve reportagens sobre empreendedorismo, gestão, inovação e mercados para o InfoMoney.