Em multiplus

OPA da Multiplus movimenta R$ 1,02 bilhão e ações deixam de ser negociadas no Novo Mercado

Realizado pela controladora da empresa, a Latam, foram adquiridas 38.116.231 ações, ao preço de R$ 26,84 cada

Multiplus
(Divulgação)

SÃO PAULO - Ocorreu nesta segunda-feira (1), o leilão de OPA (Oferta Pública de Aquisição) das ações da Multiplus (MPLU3), movimentando R$ 1.023.039.640 na B3. Realizado pela controladora da empresa, a Latam, foram adquiridas 38.116.231 ações, ao preço de R$ 26,84 cada.

O objetivo da OPA é cancelar o registro da Multiplus na B3 e retirar a empresa do programa de fidelidade do segmento Novo Mercado da bolsa, na qual o papel deixa de fazer parte a partir desta terça-feira (2).

A Latam anunciou a OPA da companhia de milhagens em setembro do ano passado, quando informou que não iria renovar seu contrato operacional com a empresa. O preço inicial proposto era de R$ 27,22, mas sofreu ajustes após pagamentos de dividendos e juros sobre capital próprio.

Ao lançar a oferta, a Latam justificou a decisão diante da perda de participação de mercado que a Multiplus, que foi a primeira empresa do setor de fidelidade a abrir capital, tem sofrido.

"Limitações constantes não só do relacionamento contratual entre as duas companhias, mas também de suas estruturas operacionais e societárias segregadas se mostraram um obstáculo para a capacidade da companhia de reagir rápida e eficientemente às mudanças do mercado, bem como contribuíram para sua perda de market share”, alegou a Latam na época, completando que "não existem motivos para concluir que o atual cenário mudará significativamente no futuro".

Quer investir melhor o seu dinheiro? Clique aqui e abra a sua conta na XP Investimentos

 

Contato