Em minhas-financas / turismo

Ilha privada a 30 minutos de barco de NY está à venda por US$ 13 mi

Durante grande parte do século 20, a ilha pertenceu ao Huguenot Yacht Club, em New Rochelle

columbia island
(Wikipedia)

(Bloomberg) -- É difícil dar as dimensões exatas da Columbia Island, um pedacinho de rocha ao largo da costa de New Rochelle, em Nova York, porque a maré muda sua extensão de maneira muito intensa.

Em um artigo de 1966 anunciando que o “Casal Rádio-TV” Peter Lind Hayes e Mary Healy haviam doado a ilha para a Faculdade de New Rochelle, o New York Times afirmou que “variava em tamanho entre 0,4 hectare a 16 metros quadrados”, embora isso não esteja realmente certo, dado que mesmo na época a ilha era o local de um bunker de aproximadamente 460 metros quadrados que tinha sido a base de uma torre de transmissão de 121 metros de altura.

Durante grande parte do século 20, a ilha pertenceu ao Huguenot Yacht Club, em New Rochelle. Na década de 1940, o clube, que também era dono da Pea Island, de 1,6 hectare, vendeu sua pequena ilha para a CBS, que prontamente construiu sua torre.

"Eles construíram um espaço de transmissão elaborado e denso", diz Al Sutton, atual proprietário da Columbia Island. "Tinham uma equipe completa e várias famílias trabalhando lá todos os dias."

Mas, quando um pequeno avião colidiu com a torre no início dos anos 1960, destruindo a torre e o próprio avião, a CBS vendeu a ilha por cerca de US$ 35 mil para Hayes que, citando o imposto anual de US$ 8,6 mil, doou a propriedade para a faculdade.

Apesar da intenção da faculdade de usar a ilha como um "centro para o estudo de biologia marinha", segundo o artigo de 1966 do New York Times, a ilha caiu em desuso. A faculdade acabou transferindo a ilha para o superintendente encarregado de sua manutenção (“não podiam pagá-lo para fazer isso, então simplesmente deram a ilha para ele”, diz Sutton).

Por volta de 2005, a ilha foi discretamente colocada no mercado e, em 2007, Sutton a comprou formalmente por, segundo ele, US$ 1 milhão.

Em retrospecto, continua Sutton, “uma solução mais simples para meu desejo de um retiro Zen seria alugar um barco a remo desde City Island por US$ 10, sair sempre que quisesse, colocar uma vara de pescar na água, olhar para o céu, olhar para os pássaros e dizer: ‘Isso não é lindo?’ Sempre pensei nisso.”

Em vez disso, Sutton embarcou no que diz ser um projeto de construção de 11 anos e US$ 8 milhões para transformar a ilha em uma residência privada luxuosa e habitável.

Agora que o projeto está completo, Sutton não se mudou. Mas colocou a ilha à venda por US$ 13 milhões, listada na imobiliária Sotheby’s International Realty. "Tenho 85 anos agora", explica, "e acho que, quando a comprei, tinha mais de 70 anos e era mais ambicioso".

Quer ter sua própria ilha? Comece a investir agora: abra uma conta gratuita na XP! 

 

Contato