Em minhas-financas / turismo

Avianca não perde aeronaves e continua a operar normalmente no Brasil

Não há restrição para a venda de passagens, de acordo com informações divulgadas pela Anac 

Avianca - aviação - aeroportos
(Reprodução)

SÃO PAULO - Após uma audiência nesta sexta-feira (18), a Avianca pode continuar a operar normalmente no Brasil. A 1º Vara de Falências e Recuperações Judiciais do Foro Central Cível da Comarca de São Paulo (SP) decidiu manter o contrato da companhia aérea com a GE Capital Aviation Services (Gecas) de arrendamento (aluguel) das 10 aeronaves Airbus A320.

Em razão do acordo, a Gecas protocolou junto à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) o pedido de suspensão dos processos  para devolução das aeronaves. Com isso, a Avianca poderá operar normalmente os voos previstos. Também não há restrição para a venda de passagens, de acordo com informações divulgadas pela Anac. 

"A agência continua acompanhando com atenção a situação operacional da empresa, sempre em constante vigilância quanto ao cumprimento dos requisitos de segurança exigidos nos Regulamentos Brasileiros de Aviação Aeronáutica (RBAC) e os deveres de prestação de serviço aos passageiros", disse a Anac em nota.

Se a justiça não tivesse decidido a favor da Avianca, que está em processo de recuperação judicial desde dezembro, a Anac poderia retirar a matrícula das dez aeronaves da empresa e devolver à empresa GE Capital - o que teria impacto em vários voos e nos milhares de passageiros da companhia aérea, além de um prejuízo considerável. 

Invista seu dinheiro para realizar as viagens que sempre sonhou: abra sua conta na XP - é de graça. 

 

Contato