Em minhas-financas / turismo

Latam vai cobrar por bagagem despachada em voos na América do Sul

A cobrança será feita em quatro categorias, seguindo modelo já adotado pela empresa: Promo, Light, Plus e Top

TAM - LATAM  - Aviação - Transporte Aéreo
(Divulgação)

SÃO PAULO - A companhia aérea Latam começará a cobrar por bagagens despachada em voos dentro da América do Sul a partir do dia 20 de outubro. Além disso, também será cobrada a marcação de assentos em viagens para demais destinos internacionais.

A cobrança será feita em quatro categorias: Promo (a mais barata), Light, Plus e Top (a mais cara). Esse modelo já é adotado pela companhia em voos domésticos. Os bilhetes Promo e Light darão direitos apenas a bagagem de mão. Já a categoria Plus inclui o despacho de um mala de até 23kg, sem custos extras. As passagens Top permitem check-in de até duas malas com 23kg cada.

A cobrança por bagagens despachadas acontecerá somente em voos dentro da América do Sul e custará a partir de US$ 20 por volume.

As faixas de preço Plus e Top permitem a marcação de assentos e, também, a possibilidade de upgrade para uma classe superior - mediante a pagamento ou uso de pontos do programa de milhagem.  Já os passageiros que adquirirem passagens nas categorias Promo e Light terão que pagar a partir de US$ 5 caso queiram escolher com antecedência sua poltrona. 

Para voos internacionais fora da América do Sul, todas as categorias darão direito a despachar duas malas de até 23kg.

Quer investir seu dinheiro e economizar mais para viajar? Abra uma conta na Xp. 

 

Contato