Em minhas-financas / turismo

7 destinos internacionais para driblar a alta do dólar

Após alguns destinos terem ficado inviáveis para o orçamento apertado, outros lugares mais em conta têm despertado a atenção dos turistas

Bariloche, Argentina
(Shutterstock)

SÃO PAULO - Com a alta do dólar, alguns destinos que antes pareciam atrativos passaram para o final da lista, dando espaço para outros nomes muitas vezes fora do radar. 

De acordo com a agência de turismo CVC, apesar da moeda americana ter encarecido algumas viagens, há lugares interessantes na América do Sul e até na África que podem garantir uma viagem dentro do orçamento. Confira, abaixo, 7 destinos com o melhor custo-benefício para driblar a alta do dólar:

Até R$ 2 mil

Montevidéu (Uruguai) - R$ 1.872,24
Uma opção na América do Sul, o Uruguai, também oferece uma boa relação custo-benefício aos visitantes. Algumas das principais atrações turísticas e cartões postais não são pagos como o Mercado del Puerto, Rambla de Pocitos, Feira Tristán Narvaja, Puerta de La Ciutadela e o Teatro Sólis que tem dias de visitação gratuitos. Assim como no Chile, o estrangeiro também pode contar com a isenção do IVA (Imposto Sobre Valor Agregado).  Para obter esse desconto, de 10%, é preciso pagar a conta em moeda viva ( dólar ou peso chileno) ou em cartão de crédito internacional.

Há pacotes com saída de São Paulo no dia 9 de julho para a capital Montevidéu, com 7 noites, passagem aérea e hospedagem no Mercure Montevideo Punta Carretas, com café da manhã, por preços a partir de R$ 1.872,24 por pessoa. 

Até R$ 3 mil

Santiago (Chile) - R$ 2.392,21
De acordo com a agência de turismo, um dos principais atrativos aos turistas estrangeiros é a isenção do IVA (Imposto Sobre Valor Agregado) nas diárias de hotéis para viajantes que fiquem no país por menos de 60 dias. Além disso, os passeios e atrações mais populares de Santiago saem por menos de R$ 200. 

Com saída de São Paulo, no dia 20 de julho, é possível encontrar um pacote para a capital Santiago, com 7 noites de duração, passagem aérea e hospedagem no Hotel Boutique Tremo, com café da manhã, com preços a partir de R$ 2.392,21 por pessoa. 

Bariloche (Argentina) - R$ 2.732,48
Além de Buenos Aires, Bariloche é muito popular durante os meses de julho e agosto, quando recebe neve e transforma a região. Na cidade, as principais atrações turísticas saem em torno de R$ 200, inclusive passeios para fazer atividades na neve. Com saída de São Paulo no dia 2 de julho, é possível encontrar um pacote de 6 noites com passagem aérea e hospedagem no Nevada com café na manhã por preços a partir de R$ 2.732,48.

Deli (Índia) - R$ 2.977
Um dos países mais baratos para viajar e se hospedar, a Índia oferece uma série de restaurantes sofisticados por menos de R$ 100. Pela CVC, por exemplo, um pacote com 6 diárias, sendo três diárias em Déli, duas diárias em Jaipur e uma em Angra, com café da manhã, translados e passeios por todos os pontos turísticos com guia falando português. O pacote sai a partir de R$ 2.977 por pessoa. 

Até R$ 4 mil

Cidade do Cabo (África do Sul) - R$ 3.570,55
A África do Sul se tornou um destino muito atraente este ano pelo fato da moeda local, rand, equivaler hoje a R$ 0,29 - permitindo uma redução nos custos de alimentação, por exemplo. Outra vantagem é que brasileiros não precisam de visto para entrar no país. O Submarino oferece um pacote com 6 noites, passagem aérea e hospedagem no Lady Hamilton, com café da manhã, por preços a partir de R$ 3.570,55 por pessoa. O voo sai de São Paulo no dia 16 de julho. 

Até R$ 5 mil

Bogotá + Cartagena + San Andres (Colômbia) - R$ 4.398,90
Segundo a agência de turismo, é possível comer, passear e até mesmo fazer compras nas cidades colombianas a custos bem baixos. Um pacote com duração de 6 noites para as três cidades, passagem aérea de todos os trechos e hospedagem em Bogotá no Hotel Saint Simon, em Cartagena no Hotel Atlantic e em San André no Hotel Cocoplum, com café da manhã pode ser adquirido por preços a partir de R$ 4.398,90 por pessoa (saída no dia 9 de julho de São Paulo). 

Cancún (México) - R$ 5 mil 
Uma opção muito popular nas férias de julho, Cancún oferece pacotes e 7 noites em sistema all inclusive com passagem aérea por a partir de R$ 5 mil por pessoa. A saída é de São Paulo no dia 29 de julho.

Quer investir melhor o seu dinheiro? Abra uma conta na XP

 

Contato